Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



V de vento

por Sarin, em 11.11.19

O senhor deputado Ventura, que felicitou publicamente o Vox pela sua entrada do Parlamento Espanhol, e que felicita publicamente o aumento da representatividade do Vox nas eleições de ontem, parece ter atenção quase nula deste partido.

Basicamente, o Vox parece estar-se marimbando para o que pensa dele o deputado que faltou a um debate para ir comentar desporto, parece estar-se marimbando para o partido que mantém um assim candidato preocupado com a política. Parece ter-se estado marimbando em Abril como parece estar hoje. Esteve certamente em Outubro quando, após deslocação de Ventura a Madrid para "criar uma plataforma ibérica" e convidar representantes do Vox para o comício de campanha, Abascal lhe enviou uma carta.

Talvez que o Vox tenha felicitado o Chega, e Ventura, pela sua eleição, mas nada vi pelos jornais espanhóis que vou acompanhando. Provavelmente porque os jornais espanhóis não são tão elásticos como os portugueses.

Enfim, o senhor deputado vai certamente continuar aos pulinhos.

[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 14:48

Obrigada por estar aqui.



18 comentários

Imagem de perfil

De /i. a 11.11.2019 às 18:43

Os partidos espanhóis não querem saber dos partidos portugueses. Só os políticos portugueses é que andam atrás dos políticos espanhóis. Eles só olham para o próprio umbigo. E até nos desprezam. Não percebo este masoquismo para pedir "amor" e pedir a benção a quem nos repele e nos inferioriza.



Imagem de perfil

De Sarin a 11.11.2019 às 19:00

Nem todos são assim, até porque alguns estão ligados pelas Internacionais; mas o Vox tem o franquismo na ideia (como, aliás, o PP, herdeiros directos) e não precisa do caramelo do Chega que nem bem salazarento chega a ser - Ventura é que quer apanhar o barco :/
Condescende, pode vir a dar jeito numa anexação económica ainda mais vigorosa - para nos calarem pelas águas que nos tiram, por exemplo.
Imagem de perfil

De /i. a 11.11.2019 às 19:21

Nós queríamos ir para a União Europeia e disseram logo que só com a Espanha. E eles sabem que Precisamos mais deles do que eles. 


Ó Sarin, então as maquinetas estão na paz do descanso. "Não há vagar" para as arranjar. O ministro diz que não há problema e os nossos amigos espanhóis estão a cumprir com os acordos. Os óculos dele tem sensor que mede caudais... 


Nós para não melindrar o reino de Espanha olivença está para lá esquecida e não anexamos aquilo. 
Imagem de perfil

De Sarin a 12.11.2019 às 02:23

"Não anexamos"? Eles é que anexaram... e um destes dias anexam também o Alqueva, que devagarinho a coisa vai.


Os óculos do ministro são como os da burra do meu avô; a burra media o caudal da ribeira adentrando-a, suponho que o ministro também fique a escorrer de tanto meter água para o lado dos espanhóis quando passa a vau...
Imagem de perfil

De /i. a 12.11.2019 às 14:42

Mas é território português. A Espanha é que nunca nos devolveu. E os governantes de  Portugal foram uns pamonhas. 




 Ai este ministro....
Imagem de perfil

De Sarin a 12.11.2019 às 14:46

Talvez não tenham sido - por vezes a paz compra-se assim, com silêncios cúmplices.


Mas uma coisa é ceder um território raiano, outra ceder recursos partilhados sobre os quais há tratados.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 11.11.2019 às 23:52

Vai continuar aos pulinhos consoante os interesses melhor lhe convierem.
Imagem de perfil

De Sarin a 12.11.2019 às 00:10

E conforme o trampolim que lhe disponibilizarem, Maria...
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 12.11.2019 às 00:37

Sarin, porque desaprova o Ventura de forma tão veemente?
Fico semi surpreendido pela força da rejeição do Ventura por parte da imprensa mainstream. 
Mas gostava de perceber quais as razões que levam uma pessoa inteligente como a Sarin a rejeitar o Ventura de forma tão forte?
Beijinhos

daVinci
Imagem de perfil

De Sarin a 12.11.2019 às 01:56

Olá, da Vinci.
André Ventura nunca foi muito consistente enquanto comentador desportivo. Vi-o ser social-democrata e, de repente, começar a defender posições extremadas num discurso cheio de chavões. Assisti à sua falta de respeito por parceiros e por eleitores, faltando a um debate para honrar um compromisso contratual que, agora deputado, pretende manter. E em todo o processo vi-o ser servido em bandeja pela Cofina - o exemplo que dou das notícias de Ventura a felicitar o Vox, por exemplo.
Como tive oportunidade de lhe dizer, da Vinci, ainda não percebi se o Chega é um partido ou um produto dos media. Até perceber, merece-me a desconfiança que Ventura granjeou há bastante tempo. Apenas gostei dele quando em debate com o Paulo Andrade :)))
Imagem de perfil

De Sarin a 12.11.2019 às 02:25

Espero ter explicado a minha rejeição a Ventura.
Beijos, boa noite :)
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 12.11.2019 às 20:00

olá. Obrigado pela resposta.
Sinceramente continuo com dificuldade em perceber. Esses argumentos não poderiam ser aplicados à maioria dos outros partidos também? (Eventualmente trocando o grupo Cofina por outro grupo da imprensa portuguesa)
O Ventura causa reações de desaprovação viscerais e eu ainda não consegui perceber as razões para tal desaprovação quando os seus “defeitos” me parecem similares à da maioria dos outros políticos.
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 12.11.2019 às 20:00

DaVinci 
Imagem de perfil

De Sarin a 12.11.2019 às 21:34

Caro da Vinci, não aplico estes considerandos a partidos pois não são aplicáveis a programas políticos e sim a pessoas.
O Chega, até ver, não é um partido mas uma pessoa - nunca vi ou ouvi outra pessoa responder pelo Chega, nem sequer pela coligação onde este entrou.
Desconheço os motivos dos outros, expus os meus. Falo de Ventura há muito, já falava antes de ter este blogue.
Há muitos políticos que me merecem a mesma nula credibilidade que Ventura. Não há muitos a quem possa apontar tais manobras de promoção, não assim tão óbvias e manipuladas.
Até já ou até breve :)
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 13.11.2019 às 00:59

se me permite estender um pouco mais esta nossa conversa e insistir no tema, uma vez que aplica os considerandos a pessoas e não a programas políticos, posso perguntar-lhe se dá mais credibilidade a Antonio Costa comparativamente ao Ventura?
Espero não ser demasiado chato com as minhas perguntas mas efetivamente tenho curiosidade sobre esta reprovação generalizada do Ventura 
DaVinci 
Imagem de perfil

De Sarin a 13.11.2019 às 12:58

Merece-me mais credibilidade António Costa do que Ventura, sim.
Ventura tem o desplante de na tese de doutoramento defender o exacto contrário do que defende agora (note que o não soube há dias, sei-o desde 2015) e de, quando confrontado com a tese e a antítese, responder que sempre soube separar a ciência da realidade. COMO???????? Só por este tipo de respostas, que nele não é inédito, perderia qualquer credibilidade. Como, para mim, perdeu há anos.
Também não me merece qualquer simpatia quem pede retrocesso nos direitos humanos. ZERO simpatia.
Finalmente, António Costa pode ser um contorcionista, mas as armas políticas que usou para vingar usou-as sempre dentro do seu partido - não fez, e perdoe a expressão mas é fidedigna, birra. Como fizeram Santana e Ventura, este último distanciando-se tanto do discurso que tinha que quase parece ter renascido numa outra galáxia. Onde, desde sempre, desejou ser o astro principal - e conseguiu, com a ajuda preciosa da Cofina. [Não sei qual será o prémio, mas tenho as minhas desconfianças]


Talvez o Da Vinci tenha dificuldade em perceber a minha reacção e a dos outros. Mas a minha não começou com o Chega, não começou com Loures, não começou na política. Vi a subserviência e o interesse de Ventura há quatro anos, quando daria o mundo por um lugarzinho na Direcção do SLB. Não melhorou desde então.
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 13.11.2019 às 13:19

Obrigado pelas suas respostas sinceras Sarin.
Uma das vantagens do anonimato da internet na minha opinião é poder ter estas conversas que eu considero interessantes, mas que é difícil ter cara a cara pelas fortes reações das pessoas quando faço estas perguntas.
Beijinho
Imagem de perfil

De Sarin a 13.11.2019 às 14:04

Tenho-as cara a cara como as tenho presencialmente - não haverá é muita gente com quem, presencialmente, possa e queira debater :)
Falo por mim, claro ;)
Beijos, da Vinci, até breve (para quando o seu blogue?)

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg





Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D