Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Tarian Bodhisatva Seribu Tangan

Dança do Buda das Mil Mãos

por Sarin, em 17.11.19

Sobre a Dança

Bailado ou dança Ramayana, também conhecida por dança dramática, combina música, dança e drama sem qualquer diálogo. Tradicionalmente inspirada no conto épico Ramayana, escrito em sânscrito por Valmiki no séc. V a.C. sobre o exílio e regresso de Rama, príncipe de Ayhodya (Índia), esta dança é geralmente composta por vários quadros que acompanham toda a saga.

O quadro aqui representado refere-se ao encontro com o Buda das Mil Mãos, sendo comummente conhecido como Dança do Buda das Mil Mãos ou Tarian Bodhisatva Seribu Tangan, em indonésio

 

Sobre o Grupo

Bailarinos indonésios com deficiência auditiva, muitos deles surdos de nascença.

Os músicos são cegos.

 

[Todos contra a COVID19: Isolamento social. Etiqueta respiratória. Higiene. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 14:00

Obrigada por estar aqui.


COVID19, uma ameaça muito séria

Cuidemos de todos cuidando de nós. Cumpramos as instruções das autoridades de Saúde.



15 comentários

Imagem de perfil

De júlio farinha a 17.11.2019 às 19:44

A humanidade dá-nos constantemente exemplos de arte, força, coragem e beleza.
Imagem de perfil

De Sarin a 17.11.2019 às 21:45

E ainda bem.
Este tipo de arte é natural da civilização dármica e espalhou-se por Índia, Indonésia, Tailândia, Cambodja, e é muita vez confundida com dança chinesa. Aliás, muitos dos sítios e blogues que visitei em busca de info sobre o grupo falavam nesta dança como sendo chinesa, o que só prova como o Ocidente é desconhecedor das artes milenares orientais :(
Imagem de perfil

De júlio farinha a 17.11.2019 às 21:58

Boa pesquisa, Sarin. Gosto de apreender estes assuntos que muitas vezes nos trazes e sobre os quais sou manifestamente ignorante. Aprecio a dedicação e o rigor que usas na tua investigação. Nestas matérias não podemos ser negligentes ou superficiais. De todo o material que se publica na net não é possível apagar conteúdo, de todo. Os motores de busca guardam a informação quando a supúnhamos definitivamente apagada. Devemos ter consciência disso.
Imagem de perfil

De Sarin a 17.11.2019 às 22:19

Tento adicionar valor quando partilho, Júlio. Uma memória, um facto, uma explicação... porque gosto de dança e porque acho que vale a pena ver e falar sobre dança :)
E se nestas partilhas sensibilizo alguém para tal arte, melhor :))
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 17.11.2019 às 22:36

"Adicionar valor" na partilha. É isso mesmo que tu fazes e isso tem mérito. Costumo acompanhar os teus textos,  e explicações sobre arte, nomeadamente dança. Ainda não me sinto capaz, devido a lacunas na educação, de discutir sobre dança. Mas, a pouco e pouco, vou aprendendo contigo. Obrigado.
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 17.11.2019 às 22:38

O "não identificado" sou eu. Júlio. Desculpa o lapso.
Imagem de perfil

De Sarin a 18.11.2019 às 01:24

Calculei que fosses :)
Imagem de perfil

De Sarin a 17.11.2019 às 22:49

E eu agradeço o acompanhares-me :)
Escrevo menos do que gostaria - por vezes dá mesmo trabalho, porque sei que dança quero abordar mas nem sempre se encontra um bom vídeo, ou encontra mas sem qualquer indicação do grupo, da música, do coreógrafo... estive quase para não publicar este, dada a escassez de dados sobre o grupo :/
Mas como não me pagam para isto, fui pragmática: a informação que disponibilizo já é suficiente para enquadrar esta dança, não me posso exigir mais sob pena de não partilhar o que mais importa: a arte :)
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 17.11.2019 às 20:49

Oh que lindo ... adoro dança, qualquer estilo!!!
É uma arte maravilhosa!
Beijinhos
Resto de um Bom Domingo!
Imagem de perfil

De Sarin a 17.11.2019 às 21:46

Olá, Luísa, boa noite :)
Ainda bem que gostaste - é uma arte muito específica e tão bonita!
Beijos, boa semana :))
Imagem de perfil

De Mariali a 17.11.2019 às 21:38

Adorei o vídeo, Sarin. Estive a ler mais um pouco sobre o conto épico Ramayana e fiquei a saber que é comparado a  Mahabharata, um dos maiores épicos clássicos da Índia. 
Gostei de saber, pois, tem sido estudado, ao de leve, claro, no curso de Filosofia Oriental que eu tenho frequentado.
Obrigada pela partilha. 
Beijinhos e boa semana!
Imagem de perfil

De Sarin a 17.11.2019 às 21:53

Olá, Mariali :)
Esta arte fascina-me desde criança, o cuidado nos movimentos das mãos sempre presente nas danças de origem indiana. Feliz coincidência, então, ter este vídeo publicado nesta altura :))
Há muita desinformação sobre a dança Ramayana - muitos dos blogues e sítios que visitei davam esta dança como chinesa, vê tu... por isso deixei ligação a um bom sítio sobre o assunto. Mas há mais, temos é que estar atentos às fontes.
Tens de falar mais desse curso!
Beijos, boa semana :) 
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 21.11.2019 às 23:00

Muito bom!
Isso é simplesmente espetacular!!!

Uma curiosidade: Já foste, és, ou gostavas de ser bailarina?!


Imagem de perfil

De Sarin a 21.11.2019 às 23:17

Fui, até ter de desistir pelos estudos :)


Nestas danças cada movimento da mão é cuidado.. belíssimos, os quadros criados.
Imagem de perfil

De Rui Pereira a 21.11.2019 às 23:27

Ah, ok...


Sim, são.

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg





Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D