Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Companhia Nacional de Bailado solidária

Um pequeno contributo para quem faz muito - a favor da Fundação Portuguesa de Cardiologia

por Sarin, em 08.10.19

D5CDAE84-4CA7-49BD-895E-59236418B833.png

Não sou de Lisboa. Não vivo em Lisboa. Nunca quis viver em Lisboa.

Mas há dias em que o lamento.

O dia 9 de Outubro será um desses dias.

Porque a Companhia Nacional de Bailado abrirá à solidariedade as portas do Teatro Camões, no Parque das Nações. Será um Ensaio Geral do espectáculo "Hans van Manen". E um ensaio geral é uma espécie de ante-estreia, um ensaio com tudo no lugar: fatos orquestra bailarinos cenários... e, no caso, espectadores. Que, doando um mínimo de 12€ à Fundação Portuguesa de Cardiologia, poderão assistir a um ensaio que é um espectáculo. Leiam este "espectáculo" como nome e como adjectivo - é ambos, ou não falássemos da CNB a dançar coreografias de van Manen. Sim, a nossa Companhia Nacional de Bailado, que tem bailarinos nacionais galardoados lá fora e que tem bailarinos estrangeiros galardoados lá fora que se sentem em casa entre nós. Recordem estas estrelas.

Suponho não ser necessário apresentar a bem conhecida Fundação Portuguesa de Cardiologia. Mas nunca é demasiado salientar a importância das suas acções de prevenção e rastreio das doenças cardiovasculares, a primeira causa de morte em Portugal. Será sempre bom recordar a importância do seu trabalho no tratamento e reabilitação de doentes, porque a doença pode matar, sim, mas há quem ensine a controlá-la e a viver com ela. A viver apesar dela.

E nunca será demasiado o apoio que damos a estas gentes, a estas pessoas, a estas causas.

Poderão encontrar pormenores no sítio da FPC, acima ligado, ou na sua página do Facebook.

 

Para não haver dúvidas quanto ao teor deste postal, informo que nada tenho a ver com a Fundação Portuguesa de Cardiologia - mas pediram-me a divulgação, e eu não poderia recusar. Nem quereria. Porque gosto de bailado e gosto da CNB. Porque sei o que é o trabalho sem fins lucrativos e aprecio o esforço da FPC. E porque a Saúde Pública é também responsabilidade minha. Porque me afecta, porque a afecto. Por isso escrevo este postal, e por isso vos agradeço terem-no lido sabendo ao que vinham.

 

Aos que puderem contribuir mesmo não indo, tenho a certeza de que a Fundação agradece a vossa ajuda. Eu sei que agradeço.

Aos que puderem ir, saibam que não vos invejo. Mas pudesse eu e trocaria de lugar convosco num ápice! Se tiverem pena de mim, venham contar como foi. Ou, vá, escrevam um postal.

 

Deixo-vos um relance de Hans van Manen. Os créditos estão todos no filme.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 15:10

Sexto resultado prático

Tempos interessantes

por Sarin, em 07.10.19

399EF614-4FE2-43EE-B08B-152938903E58.jpeg

António Costa louvou o PS.

E louvou os partidos da Geringonça. Quer a Geringonça. Mas diz querer ainda mais a Estabilidade.

Com os já 106 deputados precisa apenas de um apoio, e tem por onde escolher - resta saber o que estará o PS disposto a ceder. E como.

Tempos MUITO interessantes se avizinham. Marcelo poderá tirar férias nos próximos dias.

 

 

imagem: Arno Mikkor

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 01:05

Quinto resultado prático

A Democracia está viva!

por Sarin, em 07.10.19

Vários novos partidos com menos de 10 anos conseguiram espaço na Assembleia Da República.

À Direita o Iniciativa Liberal, à Esquerda o Livre. E o PAN, que quadruplicou a sua representação. E algures o Chega - vai ser cómico perceber onde sentar o Ventura, já que o Chega chegou mas "nem é Esquerda nem é Direita nem se revê nessas definições". Sentá-lo nas escadas das galerias, talvez?

 

Mais ideias estão agora no panorama legislativo. E a abstenção parece ter encolhido: 45,5%, à hora que vi. Sobe ligeiramente em percentagem, mas aumenta, e muito, o número de votantes - será um problema dos cadernos eleitorais? É que o pouco aumento percentual mas o muito aumento nos votantes talvez seja um ponto de inflexão.

 

Mas é inegável: a Democracia está viva em Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 00:46

Quarto resultado prático

Rio, uma força da natureza

por Sarin, em 07.10.19

A4287C33-7F79-4457-AC2D-62A7EDBBEEFE.jpeg

Rio ressurgiu.

Com a previsível derrota, não com a derrota prevista.

Rio estará no Parlamento, desta vez. E ladeado pelos que o apoiam, não pelos que lhe faziam oposição interna.

Tempos interessantes se avizinham. Porque Rio propõe o PSD como solução, o que deixa ainda mais opções em aberto.

Sim, tempos muito interessantes se avizinham.

 

 

imagem: EPP

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 00:13

Terceiro resultado prático

Bloco preparado para todas as construções

por Sarin, em 06.10.19

E9A84F7B-F43E-4344-91C0-3B0212BBBFFE.jpeg

 

Catarina Martins foi inconclusiva. Não definiu a posição do BE. Será coligação? Será acordo parlamentar?

Percebi que não será obstáculo. Mas poderá ser oposição.

O único resultado prático, daqui e por agora, é que o BE, sem falar nele, abriu a porta ao PAN caso o PS queira governar sozinho.

 

 

imagem: Jorgesousa1977

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 22:40

Obrigada por estar aqui.




logo.jpg





Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D