Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Música porque sim

por Sarin, em 10.06.20

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Música porque sim

por Sarin, em 19.05.20

 

Cheia teve a amabilidade de partilhar nos comentários um poema sobre Catarina Eufémia. De sua autoria, homenageia esta mulher morta pela brutalidade policial da ditadura.

Transcrevo o poema deixado no primeiro comentário. O poema merece. Obrigada, José Silva Costa!

 

Catarina Eufémia

 

O Mundo chorou

A tua brutal morte

Para espantares a fome

Arriscaste a sorte

Num tempo em que não se podia falar

Quanto mais reclamar!

Querias pão para os filhos sustentar

Como suportar

Ver os filhos de fome definhar?

O Alentejo não esquecerá

O triste dia, em que quem pedia, morria

A bruta força, não sabia, dialogar!

Queria, a todo o custo, a revolta, acabar

Cegos de ódio

Nem o facto de levares um filho ao colo e outro no ventre

Lhes fez, o coração, amolecer

Não! Nunca poderemos esquecer

O teu exemplo

Mulher, mãe, que apenas, trabalho, pedia

Porque não suportava a gritaria, que a fome fazia

Numa planície escaldante

Sem água, sem pão, sem fonte

Não foi em vão que deste o teu sangue, pelo Monte

Queriam calar-te!

Mas todos os dias, todos os anos, todos os séculos te vamos recordar

Nunca deixaremos de gritar: trabalho, pão, paz, para os filhos criar.

 

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Música Dedicada: Às tropas aliadas

por Sarin, em 08.05.20

(1)

Peça, Lili Marleen

Intérpretes, Marlene Dietrich (1) e Lale Andersen (2)

Letra e música, Hans Leip e Norbert Schultze  (1915 e 1938), versão inglesa Norman Baillie- Stewart (1942) 

Motivo da dedicatória: Rendição da Alemanha Nazi em 8 de Maio de 1945.

Porque é fundamental cultivar a memória.

(2)

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Peça, Whole lotta love vs Beethoven 5th Symphony

Intérprete, 2Cellos

Música, Ludwig von Beethoven (1804-1818);  Jimmy Page  (1969)

Motivo da Dedicatória: É possível ultrapassar o conflito de gerações.

Chegaram inteiros até aqui, certo?

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Peça, Right down the line

Intérprete, Gerry Rafferty

Letra e Música, Gerry Rafferty (1978)

Motivo da dedicatória: Relembrem-se do porquê de estarem com quem estão,

e deixem-se de piadas parvas. Podem desgastar mais do que aquilo que supõem.

 

You know I need your love, you got that hold over me
Long as I got your love, you know that I'll never leave
When I wanted you to share my life, I had no doubt in my mind
And it's been you, woman, right down the line

I know how much I lean on you, only you can see
Changes that I've been true, have left there mark on me
You've been as constant as the northern star, the brightest light that shines
It's been you, woman, right down the line

I just wanna say this is my way
Of telling you everything, I could never say before
Yeah this is my way of telling you that everyday, I'm loving you
So much more

Cause you believed in me through my darkest night
Put something better inside of me, you brought me into thelight
Threw away all those crazy dreams, I put them all behind
And it was you, woman, right down the line

I just wanna say this is my way
Of telling you everything, I could never say before
Yeah this is my way of telling you that everyday, I'm loving you
So much more

If I should doubt myself, if I'm losing ground
I wont turn to someone else, they'd only let me down
When I wanted you to share my life, I had no doubt in my mind
And it's been you, woman, right down the line

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D