Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sapos do Ano: as nomeações, as crises de identidade... e a sociedade

Outro postal a usar os Sapos do Ano para extrapolar

por Sarin, em 03.11.19

Discussão Dirigida.jpg

Quando este blogue foi nomeado para os Sapos do Ano, aproveitei para lançar um inquérito (*). Porque já me sabia finalista noutra categoria (a Magda e o David já me haviam informado e solicitado umas palavras), pensei fazer da notícia da nomeação uma introdução a este postal. Não para, passados uns dias, vos informar ser finalista na categoria Opinião e pedir o vosso voto (**) , mas para vos pedir que me acompanhem, também este ano, numa reflexão extrapolada.

 

Uns simpáticos visitantes entenderam ser este um blogue Generalista, outros entenderam ser este um blogue de Opinião, e o blogue foi nomeado para os Sapos do Ano nas duas categorias. Numa votação tão serena e com a consequência que esta tem, esquartejaram-me o burgo...

... porque não houve entendimento sobre a categoria onde o enquadrar?

... ou talvez por ser o entendimento das categorias distinto - nunca foi discutido e, portanto, terão respondido a questões cuja definição não era clara?

Na verdade não interessa nem há qualquer problema por ser entendido numa ou noutra categoria, os Sapos do Ano são um exercício de leitura e boa vizinhança, e as categorias são aquelas que quem nos lê nos atribui - dependem da mensagem e da percepção de cada leitor. As distintas percepções são-nos benéficas e a indefinição é aqui inócua.

Na minha percepção, este é um blogue de Opinião [e o Tia! Tia! Tia! é um blogue de Memórias].  Porque de Opinião vejo todos os blogues onde, na maioria ou na totalidade dos postais, se partilham opiniões pessoais - sejam mais ou menos sustentadas, sejam os blogues dedicados a temas específicos ou a generalidades. Esta é uma interpretação que nunca discuti com ninguém, e confesso-vos que nomeei para Generalista blogues que entendo serem opinião sobre generalidades, e para Opinião blogues que entendo serem mais dedicados à Política, à Sociedade, à Cidadania. Não tive qualquer dificuldade nem achei necessário esclarecer estas definições - como afirmei, os Sapos do Ano servem para nos conhecermos, para nos lermos, e apenas afectam aqueles que gostam de navegar a blogosfera. São importantes aqui e assim, e nada mais.

 

Mas eleições políticas não são os Sapos do Ano, referendos não são os Sapos do Ano, censos não são os Sapos do Ano.

Quando somos chamados a eleições políticas votamos em partidos ou em pessoas, não há necessidade de definições porque são elegendos objectivos. Mas num referendo ou nuns censos há conceitos, logo, há subjectividade envolvida. Lembro-me da polémica sobre a inclusão de perguntas de caracterização etno-racial nos censos, lembro-me da polémica sobre a eutanásia... e noto que se defende a inclusão ou a exclusão da pergunta, reparo que se exige ou nega o referendo, mas não se discute o que é raça ou o que é eutanásia.

Sou  a favor de uma democracia que tenha componente directa e componente representativa. Já me sentiria bem na democracia representativa se esta realmente o fosse.... E pergunto-me como chegar a tais patamares nesta democracia exercida por cidadãos que votam sem esclarecimento, que confundem notícia e informação, que igualam facto suposição opinião. Olho os novos fenómenos de desinformação, vejo quão vulneráveis estamos...

... e atormenta-me a ausência de debate. Somos nós que não promovemos nem exigimos o debate, a discussão - não há ninguém a sonegar-nos tal direito, somos nós que não o exercemos! Defendemos posições de ouvido, debitamos sentires que não opiniões sobre matérias por aprofundar, perdemo-nos nos achismos que lemos como factos, enfim, confundimos debate com peleja e erguemos trapos por bandeiras.

E essa ausência de debate, de aprofundamento, trouxe-nos a esta sociedade inerte, a este isto que somos. Os sapos que engolimos alimentam-se no nosso ruído.

Pensemos nisso nas próximas discussões. Exijamos as próximas discussões.

 

E, entretanto, divirtamo-nos com os Sapos do Ano.

 

(*) Se tiverem interesse nos resultados do tal inquérito a brincar, eis o Inquérito. Foi um inquérito a brincar, mas a vossa simpatia foi a sério: agradeço-vos a colaboração.

(**)  Visitem todos os finalistas. Votem em quem quiserem, mas visitem os finalistas, visitem os nomeados, visitem!

 

imagem: la mente maravillosa

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 04:51

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



36 comentários

Imagem de perfil

De Sarin a 08.11.2019 às 18:31

Mas, quando entras, ou sais para o blogue dos Sapos do Ano ou tens de fechar o separador :D
Sou malandrinha ;)

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D