Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sarin - nem lixívia nem limonada

Um blogue irregular onde ideias e desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor. Não faltava onde escrever e opinar. Mas faltava o blogue. Pronto, agora já não.

Sarin - nem lixívia nem limonada

Um blogue irregular onde ideias e desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor. Não faltava onde escrever e opinar. Mas faltava o blogue. Pronto, agora já não.

Receita de Natal

Este não é um blogue dedicado à culinária. A almoxarife só cozinha com Bimby, a menestrel tem ademanes de lírica e de quando em vez inventa umas coisas, e a bobo é a que se safa melhor porque não tem vergonha de filar a bóia em casa de alguém. Convenhamos que cozinhar para estas três não tem piada.

 

Ainda assim, e unindo-me ao espírito natalício, resolvi partilhar convosco uma receita que me deram há muito e que já testei algumas vezes; mas, confesso, nunca com muito sucesso - há que reconhecer as próprias limitações. Desejo-vos bom apetite, e Boas Festas.

 

Peru.jpg

(fonte da imagem aqui)

 

Peru com whisky e toucinho fumado

Ingredientes:

  • 1 garrafa de whisky escocês com pelo menos 12 anos 
  • 1 peru de aproximadamente 5 Kg
  • Sal rosa, pimentas, molho verde a gosto
  • 350 ml de azeite extra virgem
  • 500 g de toucinho fumado, finamente fatiado
  • Nozes moídas 

 

Modo de preparar:

Envolva o peru com as fatias de toucinho fumado e tempere a gosto com sal, pimentas e molho verde.

Massaje com azeite para que os temperos penetrem.

Pré-aqueça o forno durante aprox. 10 minutos.

Use uma dose dupla de whisky enquanto aguarda.

Coloque o peru numa assadeira grande e sirva-se de mais duas doses de whisky.

Ajuste o terbostato na marca 3 e, debois de uns binte bidutos, bonha a ave a assar enguanto bebe bais uba dose de whisky.

Debois de beia hora, esbreite a baertura e controle a asssadura do pato.

Tente zentar na gadeira e zervir-se de uooooootra dose de whisky enquanto o bicho goze, gostura, gozinha, sei lá.

Deixe o vilho da buta no vorno bor ubas 4 horas, e como se esgueceu da borra das nozes o belhor é comê-las ba não se esdragarem. Use whisky pa não sengasgar.

Dende dirar a berda do adibal  de lá donde dá e bande bais uba boa dose de whisky pa dentro.

Dende dirar nobabente o gabrããão do vorno borgue na bribeira denndadiiiva dãão deeeeeeeuuuu.

Use um bano bara begar o beru que gaiu no jão, enjugue o vilho da buta e bote-o duba pandeja ou gualguer oudra borra...

Basavinal, guem é gse lembrou de gozinhar um vrango dão grande?

Bas bronto, dá veito!

Boas Vestas!

Obrigada por estar aqui.

6 comentários

[A palavra a quem a quer]