Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Payless was painful

por Sarin, em 04.12.18

A Payless, marca de calçado prático de preço acessível que não conhecia e fiquei a conhecer por este artigo do Sapo Lifestyle,  fez uma curiosa campanha onde demonstrou a facilidade que há em enganar os influenciadores de opinião.

Pegaram no seu próprio calçado, arranjaram-lhe uma sapataria de luxo e mudaram (temporariamente) a etiqueta:

de Payless para Palessi.

Mais que decuplicaram o preço aos artigos da nova etiqueta, fizeram uma festa inaugural da nova sapataria, convidaram os influenciadores e recolheram opiniões muito elogiosas.

E venderam bastante.

 

Mais tarde informaram os convidados sobre o logro.

Espero que tenham logrado dinamizar a marca e, de caminho, expor a vacuidade e a falta de preparação de tais influenciadores.

 

Vale a pena ler também este artigo. E outros, porque pechinchas* destas não surgem todos os dias.

 

* Refiro-me, obviamente, ao desmascarar dos fazedores de opinião, principalmente em matérias tão subjectivas como moda ou arte - cujos critérios assentam normalmente não em conhecimento mas no gosto/interesse e no carisma de quem opina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigada por estar aqui.



18 comentários

Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 04.12.2018 às 18:36

É, de facto, espantosa  a forma como “nos” deixamos ludibriar e a facilidade com que entregamos esse poder a quem “nos influencia”. 
Imagem de perfil

De Sarin a 04.12.2018 às 18:40

Uns numas matérias, outros noutras, se não estivermos atentos e não filtrarmos a informação, ou melhor, a opinião, somos conduzidos como ovelhas ao matadouro.
Imagem de perfil

De Sarin a 04.12.2018 às 20:56

E há o outro lado...


https://magg.pt/2018/10/21/inventamos-a-tendencia-spinders-e-dissemos-que-foi-lancada-pelo-designer-jair-bolsonaro-veja-as-reacoes/



Fomos nós que os ajudamos a criar, eles depois de nós, Geração MTV, geração Rasca, Millenials, três gerações sem líderes e sem ideologias? Custa a crer. Dói...
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 04.12.2018 às 22:20

Eu já tinha visto isto. Pergunto-me sempre o que leva as pessoas a "não duvidar"...é a vergonha de assumir o que não se sabe, é a necessidade de "não ficar atrás", não sabendo bem de quê? 
Imagem de perfil

De Sarin a 05.12.2018 às 01:31

Acredito que seja a necessidade de se sentirem integradas, necessidade gerida por um distorcido conceito de integração: não ter ou não saber o que aparenta ser moda é o factor comum de alienação da tribo.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 04.12.2018 às 22:22

E, como raio é que há gente que ainda não sabe quem é o Jair Bolsonaro!!!???
Imagem de perfil

De Sarin a 05.12.2018 às 01:33

Acho que esses são bem mais: além dos que não vêem/lêem notícias, há os que as vêem/lêem e ainda assim têm fé :/
Imagem de perfil

De mami a 04.12.2018 às 20:07

Onde te foste meter 🤣🤣🤣
Imagem de perfil

De Sarin a 04.12.2018 às 20:45

O que vale é que não me conhecem, os meus aplausos passam por entre os pingos da chuva 


Conheces o outro lado, o dos influenciados?
https://magg.pt/2018/10/21/inventamos-a-tendencia-spinders-e-dissemos-que-foi-lancada-pelo-designer-jair-bolsonaro-veja-as-reacoes/
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 04.12.2018 às 22:41

Fizeram o mesmo com uma prova de vinhos.  Trocando os preços as pontuações variavam. É a chamada ligação emocional à marca. Não se vendem já produtos mas sim marcas 
Imagem de perfil

De Sarin a 05.12.2018 às 01:36

Sim, essa é uma face do problema. A outra, é ser a estas criaturas sugestionáveis que as crianças, adolescentes e jovens adultos aceitam as sugestões... a escala é tremenda!
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 05.12.2018 às 09:01

Sarin, se  eu te disser que fizeram um estudo cientifico, usando crianças ,com o objetivo de relacionar a aparência física dos candidatos com a possibilidade de vitória,  numas quaisquer eleições? 


As crianças desconhecendo -os acertavam em 70% dos casos.


Sabes porquê?  Lê 


https://www.scientificamerican.com/article/the-look-of-a-winner/




Imagem de perfil

De Sarin a 05.12.2018 às 11:36

Resposta neurolinguística e capacidade de programação neurolinguística: PNL. :)
Imagem de perfil

De Sarin a 05.12.2018 às 11:40

Resposta neurolinguística e capacidade de programação neurolinguística: PNL. :)



Aquilo que prova, também, o sermos animais mamíferos. Só que temos a mania de dar às características nomes pomposos ;)
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 05.12.2018 às 13:10

A importância da irracionalidade nos processos decisórios.
Imagem de perfil

De Sarin a 05.12.2018 às 13:35

Mas é importante, parece, racionalizar o irracional, c'orror, irracional, somos bestas ó quê?!
Imagem de perfil

De HD a 05.12.2018 às 20:54

Tudo levado de cebolada... :-\
Imagem de perfil

De Sarin a 06.12.2018 às 12:42

Gostava de ver as lágrimas choradas por tais almas.


Talvez alguns tenham adquirido vergonha, mas...

a palavra a quem a quer




logo.jpg



Localizar por cá

  Pesquisar no Blog



Memórias

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.