Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Observador e a vergonhosa clubite

por Sarin, em 28.03.20

Não falo muito de desporto, ou de comunicação social vs desporto, aqui pelo burgo. Mas esta não posso deixar passar.

O Observador publicou no dia 25 de Março um artigo sobre a mobilização de atletas e clubes  na luta contra a COVID19.

Abre o artigo com Cristiano e Mendes a equiparem uma ala do Hospital de Santo António (ou de São João?), passa por Sergio Ramos e pelos seus colegas do Real que angariaram kits, equipamentos de protecção e máscaras, fala em Djokovic a doar 1M€ à Sérvia e em Federer a doar 1M francos suíços (com gralha) à Suíça, vai até à Roma de Paulo Fonseca que doa bens essenciais a sócios com mais de 75 anos, e termina com o leilão organizado pela Fundação de Futebol da Liga Portuguesa.

 

Sobre o milhão de euros doados pelo Sport Lisboa e Benfica, Clube e SAD, ao Serviço Nacional de Saúde, noticiado no dia 20 de Março na Tribuna do Expresso, nem uma palavra. Sim, também o Observador isto noticiou no dia 20, mas também havia noticiado no dia 24 as doações de Ronaldo e Mendes, o que torna inexplicável, à luz da informação isenta e rigorosa, a omissão da doação do SLB.

Até no meio de uma pandemia os chamados jornais de referência conseguem manter viva a chama do peçonhento clubismo. Vão ser tendenciosos para o raio que os parta!

 

Adenda (com um agradecimento à /i.): já no dia 17 de Março o Diário de Notícias noticiava que a Fundação Benfica havia anunciado ter já adquirido 3 ventiladores para oferta a hospitais de Lisboa, Porto e Coimbra, e declarado ir prestar, em parceria com a GNR, apoio social de emergência a cerca de 3000 idosos isolados e sinalizados ao abrigo do "Programa Apoio 65 - Idosos em segurança", do Ministério da Administração Interna. Sobre isto, não encontrei nem uma palavra no Observador.

 

E tiveram bastante tempo para corrigir a gralha, que nem a Suíça precisa de fracos suíços nem o Federer conseguiria reunir um milhão deles tão rapidamente. Já fracos jornalistas...

F0E54E92-8F75-41C0-8900-6204C83DB92B.jpeg

 

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Isolamento social. Etiqueta respiratória. Higiene. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



15 comentários

Imagem de perfil

De mami a 28.03.2020 às 14:12

Auch! 
Coitados dos fracos que são omitidos nesta época 
Imagem de perfil

De Sarin a 28.03.2020 às 14:25

Por mim poderiam perfeitamente omitir, uma vez que já haviam noticiado. O problema é a omissão ser intencional... o primeiro parágrafo reza "Depois de Cristiano Ronaldo e de Jorge Mendes, vários clubes e atletas estão a fazer doações milionárias a hospitais que combatem o vírus ou a famílias prejudicadas pelo novo surto.". Estás a ver a grosseira e intencional omissão? É, apenas, mais um malabarismo de um jornal que se diz de referência...
Imagem de perfil

De Sarin a 28.03.2020 às 14:38

E coitados de outros fracos omitidos, sim :D
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 28.03.2020 às 17:50

Sim, se refere a Roma, deveria tbm referir o Benfica ou Boavista que pôs à disposição os seus equipamentos serviços da CM Porto. O FCP fez o mesmo com o Dragão arena. O Sporting tbm fez o mesmo com as suas instalações e corpo médico.
Se formos rigorosos o teu post tbm peca por falta de outros clubes eheheheh
Imagem de perfil

De Sarin a 28.03.2020 às 18:23

Começando pelo fim, permite-me que te aponte o engano: eu não sou jornalista (se fosse, não repetiria a notícia do CR e do Mendes) e a notícia falava apenas de doações, portanto o meu postal fala de doações e não de disponibilização de instalações :))))
A notícia é tendenciosa e ser rigoroso seria simples: listavam todas as muitas doações dos agentes desportivos ou não repetiam doações já noticiadas.


Já quanto ao facto de não falarem dos clubes que disponibilizaram instalações e recursos médicos... bem sei que cada um dá o que pode e nenhum apoio é despiciendo, mas repara: antes de se socorrerem dos estádios e das instalações médicas dos estádios dos clubes, o SNS tem outras instalações contempladas nos planos de contingência (estádios nacionais, quartéis, pousadas da juventude, residências universitárias, etc); quando a DGS faz uma requisição para doação de equipamentos médicos, incluem-se os dos equipamentos desportivos (os ventiladores dos veterinários, as máscaras dos dentistas, etc); quando a DGS e as Ordens Profissionais apelam aos médicos e enfermeiros para reforçarem as equipas hospitalares na luta contra a COVID19, incluem-se os das equipas médicas dos clubes, neste momento paradas ou quase paradas no seu trabalho regular. Estas ofertas têm o seu quê de meritório, é verdade - mas, na prática, traduzem-se em muito pouco. E esperemos que não seja necessário usar tais instalações.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 28.03.2020 às 18:41

Minha Querida Sara, é o marketing a falar mais alto!!!
O marketing que envolve e promove só algumas personalidades e omite outros actos que todos deveríamos ser informados.
Beijinhos
Feliz Sábado!
Imagem de perfil

De Sarin a 28.03.2020 às 22:59

Acho que é nem mais do que o marketing, Luísa :(
E em jornalismo, não deveria haver espaço para o marketing, não num jornal que se diz de referência...


Beijocas, bom fim-de-semana :)
Imagem de perfil

De Sarin a 28.03.2020 às 23:00

"acho que é BEM mais do que marketing", o NEM saiu ao engano... deve ter sido comprado!!! :D
Imagem de perfil

De /i. a 28.03.2020 às 18:42

Ó Querida Sarin...
A dor de cotovelo custa muito... Então agora está na moda não falar muito do Glorioso... Só para divulgar que é o Benfica da Toupeira. 
Para além desse donativo de um milhão de euros, fez outro donativo de 3 ventiladores através da fundação Benfica. 
Quando é para destacar, era preciso fazer um trabalho imparcial. Mas isso era pedir muito a quem se vende por meros tostões para enfiar a imparcialidade na gaveta.
Continua tudo na mesma...
Imagem de perfil

De Sarin a 28.03.2020 às 23:07

Minha querida /i., nem me apercebi da questão dos ventiladores! Ainda mais essa!
Não sei o que tem aquela gente na cabeça; mas tenho visto burros sem elas, não sei se haverá relação causa-efeito... talvez um dia o jornalismo venha a assumir a independência e o rigor que se lhe exige, deixando as preferências e simpatias para artigos de opinião, mas temo que de amanhã a um ano ainda não seja a véspera desse dia.
Imagem de perfil

De José da Xã a 29.03.2020 às 16:40

Por acaso já há uns tempos falei desta plataforma informativa. E não foi a dizer bem.
Para além que escreverem imbecilidades têm uns estagiários que nem sabem o que escrevem nem como escrevem.
Mas a 500 paus ao mês não poderiam ter melhor...
Cuida-te.
Imagem de perfil

De Sarin a 29.03.2020 às 17:23

Olá, José :)
É muito triste que jornais auto-classificados como de referência tenham este tipo de meias notícias e com mensagens manipuladas.
E sim, o terem estagiários mal pagos que traduzem notícias e copiam notícias em vez de relatarem notícias será outra das causas - isso, e o não terem verificadores de factos nem editores de redacção. Ainda assim, escrevemos mais claramente e fazemos mais verificação de factos em alguns blogues do que esta gente em jornais - e nós fazemo-lo de borla! ;)
Beijocas, cuida de ti :**
Imagem de perfil

De João Silva a 30.03.2020 às 13:35

Barraca atrás de barraca.
Sensacionalismo atrás de sensacionalismo.
Se há coisa que me está a incomodar severamente nisto, é o aproveitamento que se quer fazer em praça pública para que haja sangue.
Acho que a democracia não deve ser suspensa pela pandemia, ou seja, as falhas devem continuar a ser apresentadas.
Porém, uma coisa é indicar falhas, outra é arranjá-las.
Inicialmente, até pensava que a "clubite" de que falavas no título era a política. Não o é, embora tudo esteja relacionado, porque é outro dos campos onde se arranja problemas não não os devia haver. Parece quase um "quem dá mais na desgraça".
Quanto ao periódico em causa, está a adotar uma postura muito semelhante à da SIC, o que me deixa triste, porque até gosto da informação desta última. No fundo disto tudo e fugindo um pouco ao tópico, estamos a pôr as coisas numa dicotomia errada: não é a saúde ou a economia. É a saúde e a economia. Não vivem separadamente.
Beijinhos e muita segurança para esses lados =)
Imagem de perfil

De Sarin a 31.03.2020 às 16:12

O sangue é, depois do sexo, o que mais vende - a responsabilidade dos jornais é a de alimentarem tais ânsias, por vezes criando notícias sobre acontecimentos que o não chegam a ser.
É neste momento de sociedade suspensa que a democracia deve ser mais activa - nós, cidadãos, podemos prestar mais atenção, podemos investigar, podemos ler, podemos pensar. Espero que os jornais também continuem activos, mas gostaria que a sua actividade fosse transparente e clara.
Não me indigno por as doações do meu clube, as primeiras em Portugal e, talvez, na Europa, terem sido omitidas - já aqui me indignei por notícias maliciosas contra o Sporting. Indigno-me porque a notícia é dada como se Ronaldo e Mendes tivessem sido os primeiros a fazê-lo, indigno-me porque se fala das doações de desportistas e clubes de outros países, e sobre os portugueses fala-se dos mesmos noticiados no dia anterior mas omitem doações feitas uma semana antes. Isto não é lapso, nem é jornalismo.
Todas as doações são poucas, e todas são meritórias - mas é isso mesmo, enjoa ver como os jornais, e principalmente jornais ditos de referência, tratam isto: como uma lista de quem deu mais. Se verificares o texto original, está escrito de maneira que se possa interpretar que os restantes foram  inspirados pelo gesto de Ronaldo e Mendes... uma tuguice, parece-me, pois antes deles outros jogadores fizeram doações generosas.


A questão é essa: não é a saúde ou a economia, é a saúde e a economia, pois morre-se de covid19 mas também se morre de fome e se definha por falta de trabalho e de dinheiro.


Boa sorte por aí, com o bebé a querer aparecer mais hora menos hora. Muitos beijos virtuais e muita muita força!

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D