Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Música porque sim

por Sarin, em 13.02.21

Peça, Bandolins

Intérprete, Oswaldo Montenegro

Letra e Música, Oswaldo Montenegro (1979)

Imagem, "25 Anos: ao vivo" (Warner Music Brasil)

com um agradecimento ao Pequi, que me apresentou esta música

 

Como fosse um par
Que nessa valsa triste
Se desenvolvesse
Ao som dos bandolins...
E como não?
E por que não dizer
Que o mundo respirava mais
Se ela apertava assim
Seu colo como
Se não fosse um tempo
Em que já fosse impróprio
Se dançar assim
Ela teimou e enfrentou o mundo
Se rodopiando ao som dos bandolins
Como fosse um lar
Seu corpo a valsa triste
Iluminava e a noite
Caminhava assim
E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam a fada
Do meu botequim
Valsando como valsa uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim
Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos bandolins
Como fosse um par
Que nessa valsa triste
Se desenvolvesse
Ao som dos bandolins
E como não?
E por que não dizer
Que o mundo respirava mais
Se ela apertava assim
Seu colo e como
Se não fosse um tempo
Em que já fosse impróprio
Se dançar assim
Ela teimou e enfrentou o mundo
Se rodopiando ao som dos bandolins
Como fosse um lar
Seu corpo a valsa triste
Iluminava e a noite
Caminhava assim
E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam a fada
Do meu botequim
Valsando como valsa uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim
Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos bandolins
Como fosse um par
Que nessa valsa triste
Se desenvolvesse
Ao som dos bandolins
E como não?
E por que não dizer
Que o mundo respirava mais
Se ela apertava assim
Seu colo e como
Se não fosse um tempo
Em que já fosse impróprio
Se dançar assim
Ela teimou e enfrentou o mundo
Se rodopiando ao som dos bandolins
Como fosse um lar
Seu corpo a valsa triste
Iluminava e a noite
Caminhava assim
E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam a fada
Do meu botequim
Valsando como valsa uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim
Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos bandolins
[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 08:30

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



5 comentários

Imagem de perfil

De Sarin a 13.02.2021 às 22:42

Ouvi já várias dele... um grande artista, sim.
Gosto dessa ideia, partilhares mais músicas connosco. Há muitos bons artistas que nos são desconhecidos por cá, e é uma pena. Por isso, venham eles :)
Beijocas
Sem imagem de perfil

De Não Identificado a 14.02.2021 às 15:29

Essa daqui fez muito sucesso https://youtu.be/xssuAuBQ9Jc


Um resumo:
https://m.letras.mus.br/blog/as-melhores-de-oswaldo-montenegro/
Sem imagem de perfil

De Pequi a 14.02.2021 às 15:32

Era eu aí em cima. Esqueci de preencher os dados.


Talvez goste de Yamandu Costa.
https://youtu.be/8Zr3pdSq7Us
Imagem de perfil

De Sarin a 15.02.2021 às 00:47

Gostei, sim, Pequi.
Sou menos apreciadora de violas, talvez porque nascida e criada a ouvir guitarra portuguesa e viola  braguesa, viola campaniça e viola beiroa. Mas foi muito interessante ouvir este concerto - o Yamandu é muito versátil e extrai sonoridades tecnicamente exigentes com uma leveza digna de admiração.
Obrigada pela partilha :)

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D