Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



histórias inacabadas #3

por Sarin, em 21.06.18

queimava-os a amizade arrastada, o amor abafado, o ponto que nunca foi exclamação nem final.

gelada pela ausência, percebeu que falar mais uma vez não era repetição, era conquista. conquista dela - do orgulho, da tristeza. se conquista dele, logo se veria.

 

e por isso disse-lhe, no jeito tímido que sempre usou: "há dias em que finjo que não, mas tenho saudades tuas."

 

aguardou. com a noite veio a claridade: quem cala não sente.

 

(Abril 2012)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigada por estar aqui.



5 comentários

Imagem de perfil

De júlio farinha a 21.06.2018 às 18:55

"quem cala não sente". A recíproca também é verdadeira: quem sente não cala. Já me esquecia. Devo-lhe um pedido de desculpas (público, com pública foi a nossa discordância).
Imagem de perfil

De Sarin a 21.06.2018 às 19:05

Desculpas aceites :)
Folgo por o ler de novo, caro Júlio.

E sim, a recíproca também é verdadeira - simplesmente porque a verdade é imensas, no que ao sentir diz respeito.
Imagem de perfil

De Corvo a 22.06.2018 às 01:14

Quem cala não sente, quem fala,... quase nunca consciente mas sempre aquiescente
Ai o amor, o amor; as problemáticas do amor.
É como uma clepsidra. O coração enche-se na proporção da cabeça que se esvazia.
Ai o amor, o amor. :)
Imagem de perfil

De Sarin a 22.06.2018 às 01:20

Isso tudo e mais um grão de areia na luzente engrenagem, caro Corvo.
Essa do aquiescente também cabe, que nisto de amores nenhum será igual...
... mas as paixões são piores, não têm lugar para mansidões.
Nem para mandriões aquiescentes, convenhamos!
Imagem de perfil

De Corvo a 22.06.2018 às 01:48

Acho que sim. Aliás, tenho a certeza.
Mandriões, mansidões, não espoletam grandes paixões.

a palavra a quem a quer




logo.jpg



Localizar por cá

  Pesquisar no Blog



Memórias

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.