Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sarin - nem lixívia nem limonada

Um blogue irregular onde ideias e desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor. Não faltava onde escrever e opinar. Mas faltava o blogue. Pronto, agora já não.

Sarin - nem lixívia nem limonada

Um blogue irregular onde ideias e desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor. Não faltava onde escrever e opinar. Mas faltava o blogue. Pronto, agora já não.

Feliz Natal

920BE059-2F5E-4E44-A3DA-57A5F661DF08.jpeg

Imagem de A.J. Bayes, 1889

 

 

Apenas uma caixa de fósforos, e a consoada a tanger-lhe a fome, a noite vestindo indistinta o xaile puído e os pés frios e sujos... vender o quê a quem, se naquela terra a fortuna se via nos sóis contados?

Lembrou-se da história que ouvira alguém contar, qualquer coisa sobre uma menina que  queimava fósforos para se aquecer e que adormecia embalada pela avó.

Tentaria: o frio ser-lhe-ia ainda companhia, mas a luz traria a memória de ser gente.

Sentiu-se nascer, o sorriso resvalando na quase nenhuma claridade. Não demorou um fósforo a ser baleado.

 

 

Abracem os vossos, com os braços com a vista com a alma.

Celebrem os que estão, recordem os que longe e os que não voltam.

E durmam em paz. O mundo estará igual dia 26. Estejamos nós mais cheios de calor.

Feliz Natal

 

Obrigada por estar aqui.

4 comentários

[A palavra a quem a quer]