Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Estimo as melhoras

por Sarin, em 26.06.18

Tenho ali um texto todo catita sobre os Descobrimentos ou sobre o que vou descobrindo nos outros sobre tal tema. Mas adormeci e acordei sem vontade de o publicar, portanto parto adiado.

 

Parto para outro: o silêncio.

 

O silêncio que se ouviu nesta passagem aos oitavos de final, envergonhados que estamos por sermos assim, sem brilho nem glória, uns campeões da Europa entre os melhores 16 do Mundo enquanto ao futebol, viste-o? Eu não.

 

O silêncio da Justiça perante tantas denúncias anónimas, tantas quebras do segredo da mesma, tanta investigação e a tal equipa especial da PGR, viste-a? A PJ do Porto parece que não.

 

O silêncio que falta a Bruno de Carvalho, cansada que ando com tanto despautério, e a ponderação, viste-a? Pergunta tonta...

 

O silêncio que envolveu muita boa gente do Sporting antes do ruído democrático em torno desta destituição, e o respeito institucional, viste-o? Estou para ver, porque a poucos vi coerência...

 

O silêncio jornalístico perante tanta reportagem por fazer, da Itália dos nacionalistas ao Erdogan da Turquia, do impasse do Brexit à loucura dos acordos comerciais dos "Estados Unidos da Europa"... e informação, viste-a? Vi, pois, tenho muito gosto em saber como é o quarto dos jogadores na Rússia... convém tal cobertura, ainda podemos vir a descobrir coisas esquisitas...

... sei lá, que isto de futeboleiros e politiqueiros têm todos offshores largos, coitados.

 

Enfim, o silêncio..

E se, entretanto, o mundo pula e avança não é certamente como bola colorida, oh, pobre criança... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigada por estar aqui.



25 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro a 26.06.2018 às 13:52

http://misterdocafe.blogspot.com/2017/04/narcos-de-luis-filipe-vieira.html?m=1

Imagem de perfil

De Sarin a 26.06.2018 às 14:37

Meu caro mister Pedro, obrigada mas, dos outros, leio blogues plurais, não com vocação de argumentista ;)

Agora ando a divertir-me com a ideia lançada por um outro bloguisportinguista, a propósito de a Judas ter sido colega do Seara... um fartote de pão ázimo :)
Sem imagem de perfil

De Pedro a 26.06.2018 às 16:51

Minha cara, trabalhei um Loures e por essa altura já se ouviam histórias sobre o dito e a dita....
Imagem de perfil

De Sarin a 26.06.2018 às 17:06

A dita estrela?

Nada tenho a ver com a amizade das gentis persinalidades em causa; mas que digam que a Judas estaria a actuar em benefício do Benfica é um bocadinho demasiado, não?
Sem imagem de perfil

De Pedro a 26.06.2018 às 19:15

Isso sim! Mais logo dizem que BdC era um agente benquiquista
Imagem de perfil

De Sarin a 26.06.2018 às 19:56

"Mais logo"?? As teorias da conspiração são giríssimas; se tiver tempo e paciência talvez faça uma compilação ;)

Sobre LFV, não sei nem quero saber - temos DCIAP, temos PGR, temos MP, mexam-se. Para ele, como para os outros, matéria criminal é para ser julgada em tribunal.
Agora sobre as constantes investigações e visitas à Luz, tantas que foram já deviam ter apanhado alguma coisa...
O problema é que são determinadas por denúncias anónimas - e qualquer denúncia obriga a investigação. Já as buscas a Alvalade nasceram não de denúncias anónimas mas de suspeitas em sede de investigação. É isto que misters de cafés e tascas e etc não gostam de lembrar... não tenho muita paciência para discutir matérias que tais com ciclopes :)

E depois, o SLB é tão bom que consegue corromper com promessas de cargos a criar em universidades a construir daqui a uns anos mas é tão unhas-de-fome que não consegue dar portáteis descartáveis às toupeirinhas que tem. Por isso, nunca se sabe se me pagam o suficiente para defender bem o clube, e na dúvida...
Sem imagem de perfil

De Pedro a 26.06.2018 às 21:58

https://www.google.pt/amp/www.dn.pt/desporto/benfica/interior/amp/paulo-goncalves-detido-por-suspeitas-de-corrupcao-9164440.html

http://tribunaexpresso.pt/atualidade/2018-01-30-Luis-Filipe-Vieira-constituido-arguido-no-caso-que-envolve-Rui-Rangel


Imagem de perfil

De Sarin a 26.06.2018 às 22:46

Dê-me novidades, e a Justiça que me dê resultados rápidos.

Como lhe disse, e até a propósito de outros temas, não embarco em julgamentos em praça pública, muito menos com tal intoxicação "informativa" - lembra-se das duas empresas do SLB que lavavam dinheiro mas afinal eram três e nenhuma do SLB, e não se consegue provar facilmente se lavam ou não por serem serviços informáticos mas a ideia está lançada?
Quanto aos arguidos com TIR, a única coisa que tal me diz é que quem coordena a investiga entende que devem estar identificados e com morada confirmada para que as autoridades possam confrontá-los quando necessário; arguido não é sequer acusado, e TIR é a menor das menores medidas aplicadas durante um processo.

Portugal é suis generis: quem de diteito queixa-se da Ttecnoforma, o MP diz que tudo OK, na Europa dizem que não, que há crime - e por cá fala-se baixinho no assunto; quem de direito cá e na Europa diz que tudo OK com vouchers, MP e toda a gente continuam a gritar sobre o assunto. Um arguido do norte foge por ser avisado pela PJ, e tudo na santa paz; a sul a PJ investiga investiga e investiga, e como não encontra nada sai mais uma denúncia anónima e tudo em alvoroço - menos os visados, que aguardam.
Enfim, o alvoroço é só em torno do SLB, esquecem-se dos vários processos no SCP e no FCP - ou talvez nunca tenham ouvido falar, a comunicação social só fala nisso quando cita um ou outro Benfiquista ;) Mas eu já nem falo deste silêncio, já me contentava com um comunicadozito da tal super-equipa PGR/DCIAP e com uma investigação generalizada à quebra do segredo de justiça
Sem imagem de perfil

De Pedro a 26.06.2018 às 22:50

Já vi que é benfiquista ferrenha

Até pode ter razão, mas eu já deixei de crer na justiça. Assim todos são, para mim, eternos presumíveis culpados.
Imagem de perfil

De Sarin a 26.06.2018 às 23:20

Sou Benfiquista, sim, mas coerente - o que digo sobre as investigações ao SLB digo sobre as outras. Porque antes de ser Benfiquista sou Cidadã e Democrata... a Justiça não é lá muito justa, mas é a que temos - tenho que a deixar actuar, até porque há medidas para a contestar; se não a deixar seguir o seu curso, se descrer inteiramente dela, como poderei defender a Democracia??

A minha crítica vai para a CS, vai para as velocidades distintas da Justiça, vai para a lenta operacionalidade dos mecanismos de controlo, os tais "quem de direito em Portugal"... e para quem queima em praça pública. Presumíveis culpados é uma boa forma de ver as coisas - mas muito distinta de o dizer :)
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.06.2018 às 00:23

Os juízes entendem que as garantia de defesa do arguido - condenado a uma pena de seis anos de prisão - não foram respeitadas no que diz respeito à admissão de novas provas para apreciação do caso em sede de recurso.

https://www.google.pt/amp/s/www.cmjornal.pt/portugal/amp/tribunal-europeu-dos-direitos-do-homem-da-razao-a-carlos-cruz

Imagem de perfil

De Sarin a 27.06.2018 às 00:41

Não o ilibiram, analisaram e viram que o processo não foi devidamente conduzido.
Paulo Pedroso ganhou na semana passada uma indemnização pelo facto de ter sido indevidamente constituído arguido... e há vários outros casos - ou seja, a Justiça falha mas tem mecanismos que, embora não consigam refazer, pelo menos permitem a reanálise e eventual reposição da idoneidade. Porque o arguido tem direito a um julgamento isento - e é para isso que há regras: se tudo respeitado e ainda assim o acusado é considerado culpado, então a Justiça foi o mais justa possível.
"Antes salvar um culpado que condenar um inocente"... lembra-se?
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.06.2018 às 09:00

Foi a justiça europeia que corrigiu a injustiça portuguesa. Quanto à maior justiça de salvar um culpado quando comparado com o castigo de um inocente nunca lhe percebi inteiramente a lógica . Parece-me, assim, que a lei secundariza a vítima do crime e não considera a possibilidade da continuidade da actividade criminosa e o consequente aumento no número das vítimas. Subjaz a esse raciocínio uma subalternização da comunidade ao indivíduo, típico de regimes "progressistas " radicais
Imagem de perfil

De Sarin a 27.06.2018 às 09:12

Não o vejo assim, como secundarização da vítima.
Antes um equilíbrio de direitos e deveres para os envolvidos, e uma forma de evitar vítimas feitas pelo próprio sistema. Um eventual criminoso pode criar eventuais vítimas, um inocente condenado é uma vítima, bem como a sua família. Acrescendo que o verdadeiro criminoso continuará livre para fazer eventuais novas vítimas mas certamente sem pagar a sua já dívida à sociedade.

Se a suspeita bastasse para prevenir eventuais vítimas, não precisaríamos de tribunais, linchamentos públicos seriam qb.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.06.2018 às 09:48

O seu último parágrafo é uma sentença. De acordo
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.06.2018 às 15:55

Sarin, carborando:

Pegando em:

https://www.medicalnewstoday.com/articles/317468.php

E chegando a:

https://www.google.pt/amp/s/www.mirror.co.uk/news/technology-science/science/killers-born-murder-gene-scientists-4528684.amp

Se em nome da prevenção ( da saúde e da vida) as vítimas se protegessem dos futuros delinquentes, como das previstas patologias ? Se em nome de um Bem maior, se praticasse, democraticamente, um mal menor? E digo democraticamente pois as vítimas serão sempre superiores, em número, aos "malfeitores" ( haverá culpa absoluta , ou ela será sempre relativa a propensões naturais?) .

Por exemplo, até que ponto faz sentido institucionalizar/tratar preventivamente o Pedófilo...e à medida que o conhecimento aumenta, o homicida, o ladrão. ....:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4393782/

Potential Implications of Research on Genetic or Heritable Contributions to Pedophilia for the Objectives of Criminal Law

In recent years, there has been increasing scientific research on possible genetic or heritable influences to the etiology of pedophilia

Imagem de perfil

De Sarin a 27.06.2018 às 16:17

Uau, manipulação genética...

Tenho muita pena, mas não consigo lidar com a manipulação genética - há um limite para brincar aos deuses, e a eliminação dos nossos predadores naturais e endógenos obrigar-nos-ia a criar medidas de controlo demográfico muito restritivas, e isso contrariaria sob várias formas a liberdade individual...

Mas não li os artigos (agora não dá), pelo que esta é uma posição liminar mas não totalmente esclarecida

Voltarei ao tema depois de os ler, mas à priori..
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.06.2018 às 19:34

Leia. Sim manipulação, ou correcção genética, com vista a tirar a carga negativa associada ao primeiro termo. Do mesmo tipo da usada para os novos tratamentos de cancro - terapia genética .

http://www.cancerresearchuk.org/about-cancer/cancer-in-general/treatment/gene-therapy
Imagem de perfil

De Sarin a 27.06.2018 às 16:24

E ainda o RGPD ;)
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.06.2018 às 20:50

file:///C:/Users/Utilizador/Desktop/Behave%20-%20The%20Biology%20of%20Humans%20at%20Our%20Best%20and%20Worst.pdf

Bom proveito
Imagem de perfil

De Sarin a 27.06.2018 às 20:57

Ficheiro local

Mande o ficheiro por email; atalhos para o seu computador não funcionam
Imagem de perfil

De Sarin a 28.06.2018 às 00:09

1209 páginas vai demorar um bocadito...
Sem imagem de perfil

De Pedro a 28.06.2018 às 00:53

Testosterone makes people cocky, egocentric, and narcissistic.

Robert M. Sapolsky, Behave: The Biology of Humans at Our Best and Worst
Imagem de perfil

De Sarin a 28.06.2018 às 01:17

Não me está a acusar de ter demasiado estrogénio, não?

a palavra a quem a quer




logo.jpg




Localizar por cá

  Pesquisar no Blog




Memórias

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.