Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



desafio de escrita dos pássaros #8

Carta ao meu passado

por Sarin, em 01.11.19

[Tema #8 Escreve uma carta para a criança que foste]

Carta ao meu passado

Olá, miúda!

Não me conheces ainda, mas saberás quem sou quando te disser que a Andorinha está à espera de que saias da escola para se deitarem na relva a ler o livro de histórias, a cadela encostada às tuas pernas, depois aos teus braços e, finalmente, debaixo do teu pescoço e Oh, Mãe, foi mesmo agora!, as borbulhas no peito a dizerem que não, que não foi mesmo agora e a Mãe a fingir que as não vê.

Sim, adivinhaste. Parece magia, mas tu não acreditas em magia e por isso sabes que é apenas um sonho, uma fantasia como aquelas que lês e imaginas sabendo-as mentira e ainda assim tão bonitas. Este é um sonho de um bando de pássaros que daqui a quarenta anos e mais uns meses pedirá que escreva uma carta à criança que fui. A ti, eu com 7 anos.

 

Não te contarei como será a tua vida. Quero que a vivas, cada dia uma aventuras, as descobertas a serem tuas na hora em que acontecem. Quero que chegues aqui onde estou pelos exactos passos que trilhei, com todas as perdas e danos e dores e suores e conquistas e alegrias e, até, alergias. Se mudaria alguma coisa? Depois de sabermos o que vai acontecer é fácil, e tu nem sequer gostavas de ver as cenas dos próximos capítulos do Marco, lembras-te? Mas posso dizer-te que a vida continuará a ser bonita de viver, miúda, e tu vais viver em frente, o passado sempre acarinhado mas nunca a puxar-te de volta.

 

Sei que, depois de leres esta carta, me quererás responder, nunca gostaste de deixar uma carta sem resposta. Estarei ansiosa a aguardar o que terás para me dizer – o que eu com 7 anos teria a dizer a este eu com 47.

Mas mais logo, que passaste a semana a explicar aos outros meninos que as bruxas não existem e não tiveste tempo para pensar em cartas…

... e agora, vá, para a mesa que a Mãe faz anos! Até logo!

 

Nota de roda de mão: O AO90 não pode escrever uma carta a si mesmo quando criança – este não perceberia nada.

 Imagem: fotografia da primeira classe (a publicar com a resposta)

[Desafio de Escrita by Pássaros]

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 15:00

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



8 comentários

Sem imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 01.11.2019 às 16:02

Muito bom ... 
Provavelmente sérias diferente se tivesses recebido uma carta do futuro ... ou um lembrete do passado 
Bjinhos 



Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2019 às 16:30

Exactamente... essa coisa de conhecer o futuro condicionaria muitas possibilidades e certamente não seria quem sou :))
Sem imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 01.11.2019 às 16:32

Quem sabe até serias uma adulta diferente 
Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2019 às 16:52

E a tentação de fazer diferente? Quem sabe o que disso resultaria? :))
Beijos


Beijo
Sem imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 01.11.2019 às 17:12

Que cadeirada sairia dessa mistura?
O passado e o futuro juntos ... não daria a mesma coisa que somos hoje 
Definitivamente 
Bjinhos 
Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2019 às 17:15

Até poderia resultar em adultos que não teriam blogues no Sapo e que não estariam no Desafio e que nunca escreveriam a carta ao seu eu criança... :/
:))
Beijocas
Sem imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 01.11.2019 às 17:16

Eh pah ... isso não 
É como nós vingávamos?
Nem pensar 
Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2019 às 17:23

:))))

[a palavra a quem a quer]:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D