Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



desafio de escrita dos pássaros #17

por Sarin, em 10.01.20

[Tema #17: Luz e sombra]

Diet Wiegman.jpg

O reverso

Dói-me o verbo. O dia luz claro de chuva preguiçando nos beirados e o relógio alimenta as sombras que devoram as horas com ritmo de poesia ferida. Nem uma luminosa ideia que se espraie no sombrio ocaso da tela nua, nem sombra de palavra que exsude cor no negro teclado que miro.

Não percebo. Costumam sair como que dançando, puxando-se... empurrando-se, até! penso alto, sem me aperceber da tua atenção. A luz do teu riso ofusca o monitor, Cansaço, chama-se cansaço, dizes sorrindo, os teus olhos escurecendo em contraponto. Nunca gostaste de escrever por encomenda, as sombras a surgirem na tua voz, são já muitas semanas a voar... soam densas, essas sombras - tão densas como a fria razão. Sim, está na hora de pousar, compreendo, e nesta assombrosa certeza nasce-me luz no verso obscurecido. 

Porque o voo iluminou as minhas velas desfraldadas, mas o tempo foi-me lastro preso e de cada cor arranquei sombras. As mesmas sombras onde nasce já o brilho de outros verbos.

 

Sombras são luz que fenece.

Sombras são luz emergindo.

A luz é também as suas sombras

- Hiroxima, meu amor, Hiroxima.

E apenas o nada é definitivo.

 

Nota e roda sem pé: o AO90 não faz luz nem lança sombra, antes assombra a Língua Portuguesa.

imagem: Diet Wiegman

Vídeo: Shadows

do álbum Lindsey Stirling (2012)

Música e Dança: Lindsey Stirling

 

 

 

 

[Desafio de Escrita by Pássaros]

 

Este é o último texto deste Desafio de Escrita dos Pássaros.

O meu voo tem aqui o seu fim. Agradeço a quem me acompanhou, voando a meu lado ou acenando a cada bater de asas. Pouso agora nas águas e sigo navegando, desejando bons voos a quem continua e relembrando que os Pássaros aguardam inscrições - o bando prossegue viagem a 31 de Janeiro.

Que a inspiração nos eleve e a escrita nos acompanhe nas rotas que escolhermos.

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



47 comentários

Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.01.2020 às 21:15








Lamento de deixe de escrever, acho que os seus textos são belos, poré, não chega a todos, como eu e por isso faço minhas as palavras do Júlio Farinha, sobretudo nisto:
" mas há assuntos que abordas que estão para lá das minhas aptidões. Por isso não te comento mais vezes. Não me sinto  à vontade, reconheço."
Foi uma surpresa a naomedeemouvidos ter-nos deixado.
Adorava lê-la.
Quanto à Gaffe,  ela sabe o que sinto.
Beijinho
Imagem de perfil

De Sarin a 12.01.2020 às 21:35

Obrigada, Maria, pelas tuas palavras (decidi começar a tratar-te por tu. Lemo-nos e acompanhamo-nos há algum tempo, mais tempo do que a alguns bloguistas com quem uso tal tratamento... aproveitemos o início do ano, e tutuemo-nos, que tal? :))


Não deixarei de escrever e, entre os muitos textos de opinião e as danças e as músicas que de quando em vez aparecem neste burgo, talvez vá publicando alguns dos escritos que escrevo só para mim em pedaços de folhas que perco por aí. Além disso, e como diz a /i., é provável que adira a um ou outro desafio. Mas foi muito tempo a subjugar-me ao pc, à contagem de palavras e a temas que não meus. Tivesse tido metade da duração e, após uma pausa, talvez continuasse no segundo desafio, mas assim foi demasiado e coincidiu com uma época que me exige muito, profissional e pessoalmente.
Como disse ao Júlio, nunca deixes de comentar apenas por receio de não dominares o tema - eu também não domino os temas que comento, alguém dominará? :)


Quem escreve por pulsão da escrita sabe que as pausas e o silêncio são tão prementes como escrever - não é por acaso que não costumo publicar os meus devaneios poéticos.
A Não me dêem ouvidos voltará um dia, assim o desejo e acredito.
E a Gaffe sabe o que sentimos.
Beijos, Maria, até já
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 12.01.2020 às 23:31


Contrariamente à Sara, se não participasse no desafio não escreveria nada, até porque não acho que escreva algo de jeito e a inspiração falta, muitas vezes.

Gosto mais de ler e comentar e mesmo que eu tenha qualquer coisa para contar no blog, o tempo que dedico ao pc está agora em segundo plano, tenho prioridades familiares, nem sempre apetece escrever.
Mas entendo-a e respeito e sei que as pausas, e sobretudo o silêncio, são importantes. Também os  tenho, embora não tenha arte  para devaneios poéticos.
Vou aparecendo por aqui.
Uma boa noite.


Beijinho














Imagem de perfil

De Sarin a 13.01.2020 às 00:22

Tenho muito gosto em aportar no Cantinho sempre que as marés me permitem navegar - por aqui, o burgo nem sempre está em festa, mas só por motivo de força maior ficará sem chama.
Beijos, e boas aventuras com o sobrinhito - são tão giros quando descobrem o mundo :))

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D