Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



desafio de escrita dos pássaros #14

O único e verdadeiro. Agora sim!

por Sarin, em 14.12.19

[Tema #14: Não nasci para isto]

nazaré.jpg

A vida faz-se

A primeira memória que tenho é a do corpo em dor, excruciante. Senti a pele repuxada, os músculos truncados, os membros doendo a cada bater do meu fraco coração. Com o tempo a dor foi diminuindo, ou talvez que me tenha habituado... mas um dia deixou de doer. Penso que foi quando percebi que me amavam. Ou talvez tenha sido da água, sei agora que a hidroterapia é benfazeja; mas não o sabia então, e limitei-me a usufruir os momentos que me foram oferecidos. A música era indistinta, mas era música. Entranhou-se-me na alma, o corpo movendo-se suavemente no embalo, música e dança elevando-me acima de qualquer memória. Beethoven e Mozart, claro, como não?

O tempo passou, a memória esmaecida e a dor olvidada, e comecei a sentir quem me rodeava, intentei reagir às tentativas de comunicação - eu, que até ali me mantivera inconsciente dos outros, buscava agora o seu contacto.

Um dia atrevi-me a sair pelo meu pé, sem auxílio. Atirei-me de cabeça, ignorando a reprimenda de quem dizia ser cedo. Estava cansada, a escuridão nada mais tinha para mim - ansiava a luz, mesmo que apenas ao fundo do túnel. Não importava se estava bem ou estava mal, não havia sido feita para ficar parada. E assim me lancei de corpo inteiro. Mas o mundo, inclemente, acolheu-me com violência.

Caramba! Sete meses e meio num útero e recebem-me com uma palmada?! Não! Não nasci para isto! Vou em busca de outras memórias! Onde os braços de quem me embalou?!

 

Nota da autora: Depois do Aviso, o parto. Não foi a ferros, mas quase... o do texto. O meu foi rápido, diz quem sabe.

Nota à roda: o AO90 não nasceu para isto. Nem para nada.

imagem recolhida no West Side

Vídeo: Fala do Homem Nascido

Adriano Correia de Oliveira (1970)

Letra de António Gedeão, Música de José Niza

 

 

 

 

 

[Desafio de Escrita by Pássaros]

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 15:00

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



29 comentários

Imagem de perfil

De /i. a 14.12.2019 às 17:57

A tua ânsia de viver neste mundo de loucos  até nasceste mais cedo do que é o habitual e aconselhável.  
 "Um dia atrevi-me a sair pelo meu pé, sem auxílio. Atirei-me de cabeça" 
Começaste cedo a atirar de cabeça e criaste esse hábito... muitos dos teus textos são prova disso .
Belo texto. Parabéns 
Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 18:32

É daquelas coisas... :))
Obrigada, /i.
Há que ser ponderado, mas quando se tomam decisões há que avançar. Cabeça que vai à frente ilumina duas vezes os pés :))))
Imagem de perfil

De Maria a 14.12.2019 às 19:12

Está  explicado! 
A pressa de nascer, "lancei-me de corpo inteiro" só  podia "dar nisso", uma  Sarin, impetuosa , cheia de garra!
Gostei  da descrição  da tua entrada no mundo.
Fui, mais  pacífica,  esperei 9 meses,  trazia companhia, e a cesariana foi sem anestesia,  o médico,  o único  que existia na ilha, estava embriagado.
Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 19:29

Mas lá onde nasceste estar-se-ia bem, certamente; e ser gémea é partilhar o mundo, não é? :)
Nasci numa segunda-feira de Carnaval - talvez por isso aprecie o silêncio ;) Mas o meu médico não estava embriagado, nunca esteve nos partos que fez nem nas consultas que deu a muitas gerações.
Beijocas, Maria, bom fim-de-semana :)
Imagem de perfil

De Maria a 14.12.2019 às 19:32

Partilhamos pouco tempo. Praticamente só  os 9 meses. 



Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 19:34

Tenho pena. 
Imagem de perfil

De Maria a 14.12.2019 às 19:36

Às  vezes penso como seria.
Expliquei-me mal. O anestesista é  que estava embriagado, cirurgião  felizmente não.
Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 19:48

O anestesista estava anestesiado. Não foi por ele que a partilha durou pouco, espero. Seria demasiado doloroso. 
Pensamos sempre como seria, não é? Talvez sintas saudade do futuro que não aconteceu, mas espero que menos mágoa pela perda. 

Beijos :**
Imagem de perfil

De Maria a 14.12.2019 às 20:33

Nao. O anestesista  não  teve culpa, foi o que sempre ouvi. 
Já  nao penso muito, mas seria bom termos partilhado todo o futuro que nos aguardava.
 Beijos.


Imagem de perfil

De imsilva a 14.12.2019 às 22:35

O parto foi adiantado, o texto foi atrasado, mas, valeu a pena. 
Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 22:40

O texto mandou batedor para picar o ponto ;)
Obrigada, im. :**
Imagem de perfil

De João Silva a 14.12.2019 às 22:42

Um belo texto 😉 e aproveito o balanço para te desejar um feliz resto de sábado e um excelente domingo. Que possas aproveitar ao máximo 😊
Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 22:45

Olá, João, boa noite!
Obrigada :)
Estou a tentar colocar a leitura e a escrita em dia - +é uma boa forma de passar o fim-de-semana :)
Espero conseguir passar no teu canto em breve, mas caso não consiga e caso andes em corridas... FORÇA, JOÃO! [as estrelas são pompons... :)))]
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.12.2019 às 23:27

Não foi a ferros, mas saiu e está um texto muito doce.
Caramba, a Sarin  não pára!
Imagem de perfil

De Sarin a 14.12.2019 às 23:30

Páro, páro, Maria! Ainda agora estive tão parada que estamos no tema #14 e vou na volta dos textos do #13 :))))
Obrigada.
beijos, bom fim-de-semana :)
Imagem de perfil

De ó menina a 15.12.2019 às 13:13

Não sei se é possível ter uma memória real do dia do nosso nascimento mas acredito que tendo-a poucos a saberiam descrever tão bem.
Imagem de perfil

De Sarin a 15.12.2019 às 14:04

Ó Menina, obrigada :)
Imagem de perfil

De MariaLi a 15.12.2019 às 21:01

Mais um belíssimo texto, Sarin e, no final, ainda, com direito a música. 
Beijinhos e Boa semana! 
Imagem de perfil

De Sarin a 15.12.2019 às 21:57

As músicas que coloco nos textos do desafio são um título, uma continuação ou um final - e não contam para as 400 palavras :)))


Obrigada, Mariali. Beijos e boa semana
Imagem de perfil

De Just Be a 15.12.2019 às 22:02

Eu ontem li, depois fico sempre a ouvir a musica que deixas e qual comentário.
Agora vou comentar:
Amas a vida
Beijoooooos
Imagem de perfil

De Sarin a 15.12.2019 às 22:26

Deixo as músicas para serem ouvidas, por isso ainda bem que as ouves :)


A vida, com tudo de mau que tem, continua a ser boa de viver.
Beijos 
Imagem de perfil

De Alexandra a 17.12.2019 às 22:23

E que bem que nasceu... o texto 
Prematuro um, atrasado o outro, mas tudo no tempo certo.
Imagem de perfil

De Sarin a 18.12.2019 às 18:23

Todos os tempos são certos desde que os vivamos, não é?
Obrigada. :)
Imagem de perfil

De Belinha Fernandes a 18.12.2019 às 18:32

Olá Sarin! Só agora cá cheguei! E que dia! Torcicolo, com indicações para ficar longe do teclado e da secretária. Os comprimidos foram uma bênção: poderosas drogas! Por isso aproveitei para vir retribuir as visitas  e também escrevi o próximo Desafio. Agora, com o treino, é tudo mais rápido. O segredo era não me estender, olhar o contador, como bem me disseste. Então tinhas pressa de nascer? Pois, e depois o copo de água fria, que é como quem diz!  Bem difícil imaginar o nosso nascimento! Mas fizeste um bom texto em torno desse mistério.
Imagem de perfil

De Sarin a 18.12.2019 às 18:41

Oá, Belinha. Torcicolo tive um, num dia em que fui dar a primeira sessão de formação a 90km de casa num dia de Inverno à moda antiga... sem drogas, mas com muitas lágrimas involuntárias e uma vergonha tremenda por estar a apresentar-me sentada aos formandos :/
Portanto, mandam-te afastar dos ecrãs, e tu aproveitas para colocar o Desafio em dia - certo! :D


Dizem que sim, que fui apressada na data e na viagem, eu a preparar-me para nascer e a minha mãe que a minha tia estava maluca: era cedo e aquele incomodozito (contracções) não lhe doía nada.
Obrigada, Belinha. Dada a ausência de memórias uterinas, são estas tão válidas como outras :))

[a palavra a quem a quer]


Pág. 1/2




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D