Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



desafio de escrita dos pássaros #10

por Sarin, em 15.11.19

[Tema #10: Já chegamos? Já chegamos?]

soldier with twins.jpg

Entre a missão e o destino

Os primeiros chegaram apressados. Entraram velozes, cegos pela claridade depois de escuros e intermináveis túneis de fuga. Durante a evacuação poderiam talvez usufruir da paisagem que se avistava do lado de lá da barreira de plástico; por agora, teriam de preparar o espaço para o pelotão que não tardaria. Não tardou. Na pressa da chegada, alguns soldados houve que, de tão ansiosos, chocaram contra a barreira e ali ficaram, como que tapetes para os que neles tropeçaram uma e outra vez até se indistinguirem na confusão de corpos. E continuaram a chegar, atropelando-se numa algazarra feliz de quem corre para o seu destino. Quando os últimos apareceram, arquejantes e a espaços, ouviu-se alguém perguntar, talvez o das comunicações, Já chegamos? Já chegamos? É que, não sei se têm noção, mas isto aqui não é muito confortável, e ainda vamos a meio da missão… A resposta não tardou, Não, não chegamos! É preciso mandar vir mais um contingente!

Os do segundo contingente entraram mais lentamente, acomodando-se com força onde cabiam. Olharam em volta e, perante a desorganização, não puderam deixar de pensar nos riscos que corriam. Sabiam que o ataque seria pouco ortodoxo, mas, ainda assim, temiam que os houvessem enganado no Gabinete de Voluntários.

Chegada a ordem de marcha, todos sentiram estar feito o mais fácil - dali em diante a missão seria tão árdua como delicada e, apesar de irmãos de armas, no terreno teriam de trabalhar cada um por si. Voaram votos de boa sorte, o pelotão concentrado no embalo do transporte. De repente, sentiram-se girar, uma avaria, talvez, a rotação a todos deixando lívidos. Quando pensavam não aguentar, o transporte imobilizou-se, as pernas embatendo-se na inércia mas todos vivos.

Ainda zonzos, perceberam sombras e silvos na distância. Um dos mais resistentes perguntou afoito, Já chegámos? Já chegámos? nada mais perturbando a apreensão que os calava. Mesmo assim maltratados, contavam ser lançados em pequenos grupos que atacariam por fases, cada soldado tentando anular as defesas do objectivo até que algum conseguisse entrar no sistema e daí dominar as instalações. Nisto pensavam todos, preparando-se para o seu melhor, quando avistaram o cano de aço a eles apontado. Suspiraram, irmanados também no reconhecimento do fim. Os movimentos com que os haviam enfraquecido tinham sido propositados: não os queriam para ataque. Não. Na ânsia de saírem em missão, haviam-se afinal oferecido para um teste de fertilidade sem óvulos no horizonte.

 

Nota de roda dentada: o AO90 não chega nem chegará aos calcanhares que quer morder.

imagem recolhida no Pinterest

[Desafio de Escrita by Pássaros]

[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 15:00

Obrigada por estar aqui.



44 comentários

Imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 15.11.2019 às 16:37

Muito bom
Muito mesmo
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:43

Ainda bem que gostaste.
Beijos
Imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 15.11.2019 às 16:44

Final surpreendente 
Cano de aço ... 
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:48

A agulha, meu amigo... :)))
Espero que seja surpreendente, aqueles túneis de fuga e a barreira de plástico podem denunciar-me logo no princípio.


Enfim, respondi quer ao Já chegamos? como ao Já chegámos?, que era o meu objectivo - objectivo, militar, militar... isto! :D
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:51

Deve ter sido, não estava lá. :D:D:D


Beijocas
Imagem de perfil

De ossapossabembeijar a 15.11.2019 às 16:54

Ahahahahahahahah
Não tinhas a seringa?
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:55

Meu amigo, não trabalho em nenhum laboratório :p
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 22:22

Talvez sejas um artista em trabalhos minuciosos. Ou manuais, vá-se lá saber...
Imagem de perfil

De imsilva a 15.11.2019 às 16:51

Genial, mas tive que ler 2 vezes para entender, estou a ficar mesmo burra. Muito bom.
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:53

Afinal, sempre consegui esconder a história sob a história :)))))
Obrigada, imsilva :**
Imagem de perfil

De Dona Pavlova a 15.11.2019 às 16:53

Por causa das coisas, eu coloquei o acento ;)
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:54

Já eu, respondi ao verbo com e sem acento, só por causa das tosses ;)))
Imagem de perfil

De Dona Pavlova a 15.11.2019 às 16:58

 para a tosse... 
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 16:59

Obrigada :D
Bolinhos de batata-doce a acompanhar ;)
Imagem de perfil

De Sal & Pimenta a 15.11.2019 às 16:57

Eu a pensar enquanto lia, se eras militar, estava já envolvida numa imagem de guerra... Visualizada tudo o que escrevias e chegou ao fim e imagina a minha visualização e gargalhada. Como sempre não desiludes. Feijocas da lagoa para o rio
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 17:01

Ainda bem que te deu vontade de rir - diverti-me a escrever a história e a cuidar da ambiguidade. Também me diverti a procurar a fotografia :))))))
Feijocas do rio para a lagoa :*
Imagem de perfil

De Happy a 15.11.2019 às 17:22

Uma foto a condizer. Mas tive de recomeçar a ler quando cheguei a meio, porque algo não batia certo. Afinal batia... 
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 17:26

É muito importante que bata certo! ;)))
Diverti-me com este texto, a criar ambivalência na história dentro da história... :))
Imagem de perfil

De Maria a 15.11.2019 às 17:39

Brilhante,  como sempre.  O final , surpreendente! 
:)))
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 17:53

Obrigada, Maria. Espero que te tenhas divertido a ler como me diverti a escrever :))
Perfil Facebook

De Belinha Fernandes a 15.11.2019 às 18:05

O que eu me ri quando li as últimas palavras! Muito bem engendrado Sarin! A foto foi muito bem escolhida! Deves ter tido uma trabalheira a encontrá-la! Ou foi a partir dela que te inspiraste? ;)
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 18:16

Queria um texto ambíguo que respondesse à ambiguidade daquele "já chegamos" vs "já chegámos". Comecei ontem/esta madrugada, e fui por ali :)
[10 minutos antes da publicação reli, e tive de refazer o último parágrafo - ao telemóvel, por isso não sei se não terei uma palavrita a mais - tinha 400, mas mudei muito texto sem mudar o sentido. Que se lixe! Agora tenho que substituir junto dos Pássaros :)]
A foto foi fácil - até tinha pensado usar um desenho onde os soldados reivindicavam direitos; mas como o texto seguiu por outro caminho, tive de mudar :) Não imaginas a quantidade de fotos que surgem com as palavras soldier with baby! Já perdi muito tempo em busca da foto ideal, mas desta vez não demorou muito - mas foi divertido, havia fotos cómicas, ternurentas... e gajos bons! :D
Imagem de perfil

De Ana de Deus a 15.11.2019 às 19:02

 muito bom! beijos enoormes e bom fim-de-semana 
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 19:07

Obrigada, Ana :)
Bom fim-de-semana também para ti, beijocas :)
Imagem de perfil

De Mariali a 15.11.2019 às 22:07

Eu já previa, Sarin, que as palavras, ou melhor, o sentido da história ia surpreender... 
Bom fim de semana
Bjnhs
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 22:23

Portanto, dizes que sou previsivelmente imprevisível?
Está bem, vivo bem com isso. :D
Beijocas, Mariali, bom fim-de-semana :)
Imagem de perfil

De Mariali a 15.11.2019 às 22:26

Não é bem isso, Sarin.. 

Bjnhs
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 22:34

Percebi. Mas olha que sou - sabes que nunca sabes muito bem o que esperar daqui :))))
:**
Imagem de perfil

De Por detrás das palavras a 15.11.2019 às 22:55

Um texto muito bem conseguido, Sarin. Muito criativa e inteligente a forma como decidiste construir a história. Só no fim é que se percebe o que de facto queres transmitir (pelo menos eu só percebi o verdadeiro sentido no fim ). 
E, de forma militar, conseguiste respeitar o "Já chegamos" e o "Já chegámos". 
Venha o próximo.
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2019 às 22:58

Obrigada, Silvana :)
Tentei que só no fim se percebesse, embora haja um ou outro pormenor mais difícil de disfarçar ;)
O objectivo era responder a ambas as formas verbais - o texto seguiu o seu destino. Ou missão, sei lá ;)))

[a palavra a quem a quer]


Pág. 1/2




logo.jpg





Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D