Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



desafio de escrita dos pássaros #1

por Sarin, em 13.09.19

[Tema #1: Problemas, só problemas]

B6.jpg

Problemas, só problemas

Os problemas, só problemas, se sentidos sem diapasão acabariam preenchendo-nos todas as pautas de cada dia.

Nem todos os dias teremos a clave certa, de má Fá ou ofuscados entre Sol e Dó, mas mesmo errando a chave notaremos distintos ritmos aos problemas, só problemas de outros nos soando surdos conforme os problemas, só problemas conforme os outros. Por isso a vida nos sobrar para lá dos problemas, só problemas não nos deixariam som por que aspirar.

Embora haja os que tenham apenas problemas, só problemas e nem ponta de esperança, pautas vazias sobrando-lhes nos dias, soçobrando-lhes os dias, soçobrando-os sobrando. Numa orquestra de pessoa assim só nem todas as notas serão suficientes para libertar a música nas pautas estilhaçadas, ecoadas por problemas, só problemas, só problemas, só… Há que reaprender todo o solfejo, voltar a Ré, ter Dó, ir Lá onde se possa ver a escala e então reescrever as notas ao Sol de cada Si - de todos os problemas, só problemas uns resistirão, os que não têm solução.

E pela troca de clave a chave da troca - às mesmas melodias salpicadas de problemas, só problemas fazem com que uns as sintam semibreves e a outros lhes pesem colcheias e fusas, urgentes e difusas como os próprios problemas, só problemas pequenos, falsos, os que se acabam antes de explodirem em som. Em todas as claves os pequenos, falsos, problemas, só problemas são se os deixarmos crescer... Não dedilhemos o tempo em cordas soltas, com elas desafinando a vida que se quer cantada mesmo se usando a chave errada, não deixemos o ruído cair nas pautas onde apenas os veros problemas, só problemas reais deveriam fazer escala, de passagem.

De passagem também o áureo silêncio, nas nossas pautas o seu lugar reservado entre andamentos, mais não - paragens sem chave nem compasso são problemas, só problemas de só silêncio, sempre silêncio, só.

Afinemos os silêncios pelo coração sem trautearmos a vida de cor, que a pauta ganhará cor nas melodias onde também se inscrevem naturais problemas, só problemas afinados a diapasão. E que os dias nos sejam Opera Magna.

 

Nota de rodapé de dança: se neste postal se encontrarem problemas, só problemas de contexto trarão música. A gramática está afinada de ouvido e a ortografia pauta-se no Acordo Ortográfico anterior ao que deu problemas, só problemas.

imagem de Chema Madoz

[Desafio de Escrita by Pássaros]

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Isolamento social. Etiqueta respiratória. Higiene. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.



53 comentários

Imagem de perfil

De Ana de Deus a 13.09.2019 às 18:26

adorei  por momentos senti-me integrada numa orquestra 
Imagem de perfil

De Sarin a 13.09.2019 às 19:42

Ainda bem que apreciaste, Ana.
A orquestra somos nós :)

[a palavra a quem a quer]




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D