Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fico furibunda com estes gestores da coisa alheia!

São remunerados, têm viaturas topo-de-gama e despesas pagas pela instituição, e depois delapidam ou "reinvestem" o património que, acima de tudo, pertence aos utentes.

Não esquecer que o Estado ajuda a suportar estas instituições anualmente através de benefícios fiscais e de apoios directos ao utente, os quais são canalizados via instituição. Além dos fundos e apoios para projectos específicos.

 

Quem lesa uma instituição ligada à economia social lesa duplamente o Estado.

 

E os outros membros dos órgãos sociais, epecificamente dos órgãos executivo e fiscal, não são culpados de nada, nem sequer de negligência?

O cargo não serve apenas para encher currículo e ganhar a "gratificação por serviços prestados".

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigada por estar aqui.





logo.jpg




Localizar por cá

  Pesquisar no Blog




Memórias

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.