Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A culpa é do HTML

por Sarin, em 19.07.18

Descobri que é uma chatice escrever postais no telemóvel. Deitar garrafas ao mar é fácil, mas editar o postal... 

Quero dizer, não é chatice porque se a inspiração se pode gravar em rascunho, a oportunidade não. E não é difícil, mas também não demora 2 minutos. Mas a apresentação do texto, senhores, a apresentação do texto...!!!

As funcionalidades de edição no telemóvel são muito limitadas. HTML... o bailio [os porreiros do Sapo] não tem qualquer responsabilidade excepto a de ainda não ter conseguido ultrapassar tal facto. Não que não tente.

É um limite muito curto para quem gosta de justificar texto, por exemplo. Ou verificar a sua ortografia e sintaxe - sem corrector, que de qualquer maneira nem sabia que existia no blogue até à primeira vez que trabalhei num postal via pc... que coincidiu com o dia em que justifiquei os textos todos, aí pelo princípio do mês...

Pelo menos, hoje descobri para que serve o quinto botão que me aparece na edição do postal via telemóvel; até aqui,  uma canseira a escrever, publicar, ler o texto, editar e corrigir o erro, voltar a publicar e voltar a editar porque o cursor nem sempre descia... [aqui chegada, autorizo todas as gargalhadas jocosas. a sério. as que ouvi umas linhas acima ignorei]

 

A dimensão do ecrã não chateia. Mas não poder editar irrita, principalmente desde que encontrei todas as outras funcionalidades de edição aqui mesmo à mão de semear. [exacto, agora estou a escrever no pc]

E, definitivamente, vou suspender a minha regra de não blogar ao pc - por causa daquela coisa da gestão do tempo e não me perder nas horas e etcetera, pois sim.... É que acabo por perder muito mais tempo no publica/edita/publica... e o texto nem sequer ficar justificado!

 

E assim me justifico por os textos levarem uns retoques. De forma, não de conteúdo.

Se houver uma alma que tenha lido duas vezes o mesmo postal num espaço de mais de 1 hora [gabo-lhe a paciência e agradeço a confiança ou a esperança ou tudo e vice versa] talvez tenha notado divergências no texto. A culpa é do HTML e da menestrel que não sabia para que servia aquele botanito com 4 setas. 

 

Enfim, vou continuar a lançar garrafas ao mar via telemóvel. Mas depois repesco-as para um polimento de pc e volto a lançá-las.

Há passatempos piores. Ver crescer o cabelo do Trump, por exemplo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coordenadas Internas:

Obrigada por estar aqui.



15 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Neves a 19.07.2018 às 16:56

Viva,
pode sempre ativar a funcionalidade de post por e-mail e assim enviar os textos através da aplicação do seu telemóvel dedicada ao e-mail. Fica a ideia.
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 17:04

Olá, e obrigada pela sugestão!
Vou fazer isso mesmo
Sem imagem de perfil

De Pizza Boy a 20.07.2018 às 08:58

Imagem de perfil

De Pedro D. a 20.07.2018 às 16:31

Acho que a sugestão do Pedro Neves bastante boa.... para muita coisa, um pc será sempre um pc.
Imagem de perfil

De Sarin a 20.07.2018 às 18:40

Trabalhar em word, carregar no email e lançar. É boa sugestão, sim.

Mas um pc é, realmente, um pc... :)
Imagem de perfil

De HD a 20.07.2018 às 21:02

Confirmo, não é nada fácil :-D
Imagem de perfil

De Sarin a 20.07.2018 às 21:11

Ainda não tentei a sugestão do Pedro Neves. Mas já 'tá tudo preparadinho para.

Só falta o texto
Imagem de perfil

De HD a 20.07.2018 às 21:13

Pormenores ;-p
Imagem de perfil

De Sarin a 20.07.2018 às 21:30

Exacto!
Imagem de perfil

De Pedro D. a 21.07.2018 às 09:42

Já estou como o meu pai:"no tempo do MS DOS é que era... nada de complicação
Imagem de perfil

De Sarin a 21.07.2018 às 10:27

Olha, olha, então e programar em BASIC? Uma linguagem difícil para programações da treta
Imagem de perfil

De Pedro D. a 21.07.2018 às 12:51

Fora de brincadeiras, programei muita vezes em BASIC ainda no meu 2048 Timex e mais tarde no spectrum +2. .. tive alguns 5 na secundária por criar programas para as disciplinas em vez de apresentar os trabalhos em papel. (alguns já o apresentavam escrito à máquina)
Imagem de perfil

De Sarin a 21.07.2018 às 12:58

Também cheguei a programar em BASIC, mas só na universidade. A minha engenharia era outra e não achava piada a floppy disks de 5'1/4
E, sinceramente, que treta de programação! Nunca gostei da linguagem, muito complexa para as muitas limitações que tinha. E redundante, ainda para mais!!! Ná, BASIC é história e que por lá fique
Imagem de perfil

De A Hipster Chique a 30.07.2018 às 12:08

Não existem mesmo facilidades...
Imagem de perfil

De Sarin a 10.08.2018 às 16:52

(pois, queixei-me de fome com a barriga cheia... oh, pá, mas eu nestas coisas de facilitar trabalho sou 'millennial': quero tudo para ontem! )

a palavra a quem a quer




logo.jpg



Localizar por cá

  Pesquisar no Blog



Memórias

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.