Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



à atenção do primeiro cidadão

por Sarin, em 18.07.18

Muito se fala de Desporto em Portugal.

Correcção: muito se fala de Futebol e de alguns clubes desportivos em Portugal. E fala-se da FPF e UEFA e FIFA e às vezes fala-se do COP e do COI, e fala-se das medalhas dos grandes clubes em modalidades que rodam por ano o equivalente ao salário bruto do jogador mais mal pago das respectivas equipas principais de futebol.

E condecoram-se os futebolistas que elevam o nome de Portugal lá fora, comendas e medalhas e eu sei lá.

 

E, entretanto, atletas que lutam contra a falta de apoios também ganham medalhas. Muitas medalhas: cinco no primeiro dia e três no segundo. No Campeonato da Europa para Atletas com Deficiência Intelectual (INAS).

Mas só se elevam a eles mesmos, todos os dias obrigados a superarem-se numa sociedade que os ignora quando não os discrimina e maltrata. E ainda assim ostentam as cores nacionais... não os merecemos. Eles, merecem muito mais! No quotidiano de atletas e ainda mais no quotidiano de cidadãos.

 

Seis atletas já conseguiram subir ao pódio. Subir, um verbo difícil para alguns deles...

Aguardo que Marcelo os faça subir a Belém. Talvez assim consigam angariar apoios que sobram a outros medalhados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Obrigada por estar aqui.



17 comentários

Imagem de perfil

De HD a 18.07.2018 às 20:49

Creio que o nosso presidente vai ter essa recompensa em conta!
Imagem de perfil

De Sarin a 18.07.2018 às 20:54

É o mínimo que espero! Com fanfarra e gala, para ver se tem mais destaque do que aquele que os já medalhados tiveram até agora...
Imagem de perfil

De HD a 18.07.2018 às 20:55

Ele até tem tido consideração por modalidades e feitos menos mediáticos...
Imagem de perfil

De Sarin a 18.07.2018 às 20:59

Eu sei - mas tem que dar mais tempo aos menos mediáticos pois só assim conseguem atenção do país... equilíbrio de forças.
Imagem de perfil

De Pedro D. a 18.07.2018 às 22:32

Por acaso tenho um amigo que é CAMPEÃO Europeu e CAMPEÃO do MUNDO de canoagem - grande, Fernando Pimenta - só ele sabe as dificuldades que passou para chegar onde chegou sem apoios. Foram empresas estrangeiras (LR e VOLVO) que tiveram a coragem de lhe oferecer condições dignas para treinar. MEO, BPI, NOS e afins só vêem futebol... aliás o povo português continua igual ao tempo da outra senhora: futebol, Fátima e fado.

Os atletas que participam nos INAS são logo à partida campeões...
Imagem de perfil

De Sarin a 18.07.2018 às 23:01

Havias de ler o que vociferei por jornais a propósito de atletas olímpicos e paralímpicos, do futebol nos JO, etc!

São campeões todos os dias, ainda para mais com as acessibilidades que temos e a educação que damos... no blogue da mamã gansa e no blogue amora pinguim está um alerta para um vloguista puto a gozar com autistas. Um processo por negligência aos encarregados, e serviço comunitário para o puto durante seis meses como auxiliar numa escola para crianças com necessidades especiais. Penso que seria qb como aprendizagem...
Imagem de perfil

De Sarin a 18.07.2018 às 23:23

E peço desculpa por ter tratado por tu! Vejo as respostas no email (sem emojis e sem distinção entre nomes com id e nomes sem id), e quando respondo no telemóvel directamente via email não consigo ver o comentário a que respondo... e não é a primeira vez que respondo a um comentador pensando ser outro

Ainda para mais porque este Pedro há umas horas tinha D.
Imagem de perfil

De Pedro D. a 18.07.2018 às 23:58

Não há qualquer problema em me tratar por tu.... e sim era Pedro D. a minha filha que andou para aqui a mexer retirou-o.
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 00:17

Comigo estas coisas de tratamentos são bidireccionais, aviso já!

Com id sabe-se quem ê, mas via email fica-se ao papeil, portanto não garanto que não troque mais uns quantos destinatários
Sem imagem de perfil

De Pizza Boy a 19.07.2018 às 09:28

Ainda bem que troquei o Pedro pelo Pizza. Ou isto era uma confusão das grandes
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 09:36

Sem punta de dúvida!
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 09:39

Já uma vez foi o Corvo que recebeu uma resposta alusiva a uma discussão de outro lado... porque também ele comenta noutro

Por falar nisso, não sei dele. Nem blogue nem Corvo
Sem imagem de perfil

De Pizza Boy a 19.07.2018 às 09:42

O que me espanta e me inquieta é Portugal ter mais sucesso nos Paraolímpicos do que nos Olímpicos. O que dirá isto sobre nós?

Como se perante a adversidade ganhassemos o Sentido, à semelhança dos judeus (não há outro povo a que mais nos assemelhemos; ambos povos messiânicos ).

Recorda-me aquelas pessoas que ganham a admiração, de outros, por terem encontrado na doença uma razão de viver que nunca até então tinham achado. Tornam-se exemplares no sofrimento.

Existem uns que apenas encontram na adversidade da doença a razão , até então ausente , para o viver. Não é triste, este fado?

Existem uns que só estão bem, quando estão mal.
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 09:59

Espero que não o sejamos assim tanto... mas sim, somos bons na superação quando limitados, a nossa história é riquíssima em exemplos que, mais do que ilustrar tal frase, a demonstram. A abolição da escravatura após fundarmos e explorarmos as rotas negreiras, a abolição da pena de morte depois de uma das Inquisições mais violentas que só perdeu para os católicos do lado, uma revolução quase sem mortos depois de uma "ditadura boazinha" apesar de Goa e África e mais de 30000 presos políticos... enfim, somos um povo animicamente resiliente.
Um pouco como a anedota do português na alemanha: em caso de avaria, seguir o manual de instruções; caso não funcione, chame o português.


No entanto, estes são méritos individuais. Infelizmente por eles e por nós.
Sem imagem de perfil

De Pizza Boy a 19.07.2018 às 10:15

Daniel Balint: Let me put it this way: Who wants to destroy the Jews? Who wants to grind their bones into the dust? And who wants to see them rise again? Wealthier, more successful, powerful, cultured, more intelligent than ever? Then you know what we have to do? We have to love 'em. What? Did he say ''Love the Jews''? It's strange, I know. But with these people, nothing is simple. The Jew says all he wants is to be left alone to study his Torah... do a little business... fornicate with his oversexed wife,but it's not true. He wants to be hated. He longs for our scorn. He clings to it, as if it were the very core of his being. If Hitler had not existed, the Jews would've invented him. For without such hatred, the so-called Chosen People would vanish from the earth. And this reveals a terrible truth and the crux of our problem as Nazis. The worse the Jews are treated, the stronger they become. Egyptian slavery made them a nation. The pogroms hardened them. Auschwitz gave birth to the state of Israel. Suffering, it seems, is the very crucible of their genius. So, if the Jews are,as one of their own has said... a people who will not take ''yes'' for an answer... let us say ''yes'' to them. They thrive on opposition. Let us cease to oppose them. The only way to annihilate this insidious people once and for all... is to open our arms, invite them into our homes... and embrace them. Only then will they vanish into assimilation, normality and love. But we cannot pretend. The Jew is nothing if not clever. He will see through hypocrisy and condescension. To destroy him, we must love him sincerely. If the Jews are strengthened by hate, wouldn't this... destruction that you speak of, whether it's by love or any other means... wouldn't that make them more powerful than they are already? Yes. lnfinitely more. They would become as God. It's the Jews' destiny to be annihilated so they can be deified. Jesus understood this perfectly. And look what was accomplished there with the death of just one enlightened Jew. Imagine what would happen if we killed them all."

O Crente :

https://youtu.be/psJbF8G6Zjw
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 10:24

Esta citação de Balint é famosíssima... quer para os que defendem a moderação quer para os outros, os que radicalizam o ostracismo (sim, é um eufemismo).

Salazar tentou impregnar-nos desse brilho de mártires, de gentes de brandos costumes com muita fé no muito triste fado, e muito futebol na adversidade. Pior, foi bem sucedido - Fadou-nos bem!!!

Felizes os que com tal fado rompem. Todos os dias, nesta sociedade de costumes e brandas decisões. Brandas, porque tíbeas.
Imagem de perfil

De Sarin a 19.07.2018 às 10:26

"tíbeas", mas já não as tenho... que gaita!!! É favor corrigir por "tíbias"

a palavra a quem a quer




logo.jpg



Localizar por cá

  Pesquisar no Blog



Memórias

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.