Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sarin - nem lixívia nem limonada

Um blogue irregular onde ideias e desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor. Não faltava onde escrever e opinar. Mas faltava o blogue. Pronto, agora já não.

Sarin - nem lixívia nem limonada

Um blogue irregular onde ideias e desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor. Não faltava onde escrever e opinar. Mas faltava o blogue. Pronto, agora já não.

3 minutos de praia... e o dilúvio

Hora de almoço, televisão sintonizada na SIC, jornalista em reportagem na praia, atenção mínima aqui da menestrel e daí a conversa parecer da bobo - mas não:

 

"Estamos aqui na praia de ***, onde se podem praticar muitas actividades, como por exemplo apanhar sol "

A gargalhada foi sonora. Actividade, apanhar sol? Só se for para a sonda que vai a caminho... é que actividade implica acção por parte de quem a desempenha - e a memória que tenho desse tal "apanhar sol" numa praia é o que mais se assemelha a inactividade... mas vá, concedo, posso estar enganada e haver quem seja activamente insone ou observador "a apanhar sol"...

 

E a jornalista continuou, feliz, a enunciar as actividades na tal praia cujo-nome-se-me-varreu com a gargalhada:

"[...] ou jogar tchouckball, desporto nascido no Brasil... e vamos falar com este atleta sobre esta modalidade..."

"É, esta praia é muito boa para jogar tchouckball, desporto nascido na Suíça [...]"

 

Desisti de ouvir "as notícias". Porque toda a família riu perante esta sequência, o que abafou o som; mas, também, porque assistir à falta de preparação por parte de um profissional se torna confrangedor... e, caramba, um feriado a meio da semana não deve ser passado a ver as inactividades dos outros!

6 comentários

[A palavra a quem a quer]