Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A nossa Língua é vasta e é também produto local

Um desafio aproveitando a pergunta da Equipa

por Sarin, em 30.09.19

Embalada no estarmos em campanha eleitoral...

para as Legislativas de 2019, que ocorrerão dia 6 de Outubro,

para os Sapos do Ano 2019, cuja fase de nomeações termina hoje,

para o Euromilhões, que espero me calhe amanhã pois já estou farta dos Excêntricos,

para Miss Universo-lá-de-casa, que, como o Natal, é quando eu quiser,

... aproveito e faço mais uma campanha, verdadeira arruada aqui no burgo!

 

Talvez já se tenham apercebido da pergunta que a Equipa nos colocou recentemente, Uma pergunta que dispensa explicação... e cujas opções são Post / Artigo / Postal / Posta / Publicação / Outro.

Reparemos que 5 opções estão em Português, a nossa língua, aquela que é riquíssima e que aqui nos une no gosto pelo seu uso;

e uma opção está em Inglês, língua que querem universal e que vai simplificando o uso das línguas escritas e faladas, descaracterizando-se porque encolhendo-se, e descaracterizando quase todas as outras por ocupar os seus lugares.

Nada tenho contra falar-se inglês, ou outras línguas - aliás, defendo que quanto mais línguas percebermos mais fácil será a comunicação entre os povos. Mas uma coisa é saber usar línguas estrangeiras, outra é substituir as nativas...

Reparemos que o site, que quase todos usamos para indicar um sítio da internet, significa, literalmente.... sítio. Já aquela, a internet, é rede entre vários. Fica giro escrito em cámone, mas é triste ver que nomearam as invenções tal como nós as nomearíamos - e que agora lhes recusamos os nomes que são seus. Adiante.

Olhemos o blog, que nasceu da contracção entre web e log = weblog = blog. Um verdadeiro neologismo. Que desde que nasceu já teve aportuguesamento para blogue. Tal como a chauffage se aportuguesou para chaufagem - e hoje mal se usa, culpai, senhores, o ar condicionado. Ou como o hotel era, há 60-80 anos, uma palava com sílaba tónica grave, tal como a diziam os americanos e ingleses, e hoje já quase ninguém diz hótel - embora duvide que, chegados a Inglaterra, algum de nós pergunte pelo hotél.

Este intróito serve para explicar aquilo que todos sabemos: que a Língua Portuguesa evolui, transforma-se, absorve palavras estrangeiras, perde o uso de palavras antigas - é dinâmica. E é muito rica.

Mas para continuar a ser rica e dinâmica precisa de nós, depende de nós, que a falamos e escrevemos. Precisa que a continuemos a usar.

Que tal darmos-lhe mais valor? Que tal dizermos bistrot em francês, risotto em italiano, post em inglês...

... e em português usarmos palavras portuguesas, saindo desse sítio onde nos querem de vocabulário reduzido e homogéneo?

 

Podemos começar já, com esta pergunta que a Equipa do Sapo nos coloca: escolhendo usar,  em vez de post, uma palavra portuguesa ou aportuguesada - mas nossa.

Defender o Ambiente passa por consumir local. Querem produto mais local do que a nossa Língua?

Pode parecer que não, mas está tudo ligado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 19:22

Sobre Eleições

por Sarin, em 27.09.19

sapominjacomzerovotos.png

No meio das Europeias, das Regionais e das Legislativas, ao assistirmos à nomeação do terceiro PM britânico saído de um mesmo partido eleito numa mesma legislatura, ao vermos os italianos a irem pelo mesmo caminho  e ao percebermos que os Espanhóis terão as quartas eleições no mesmíssimo tempo que durou o Governo com Geringonça e sem diabo, é natural que nos distraiamos, esqueçamos até, de Outras eleições.

Mas não devíamos! Porque se as acima evocadas são fundamentais para a nossa vida, Estas que invocarei são fundamentais para a nossa boa disposição.

E Estas são eleições realmente democráticas, pois se nas outras nos dizem para escolher entre 1X2, como no totobola, Nestas somos nós, eleitores, que escolhemos em quem votar!

Eu já fiz a minha parte, nesta primeira fase.

E vocês, já nomearam os blogues para os Sapos do Ano 2019?

 

A Magda e o David trazem-nos mais uma vez este divertidíssimo desafio - sim, é um desafio porque não apenas nos desafiam a conhecer blogues, a nomear blogues, a revisitar blogues como depois estragam tudo pedindo-nos que escolhamos apenas um em cada categoria... mas isso será apenas em Novembro. Até 30 de Setembro é aproveitar para nomear aquelas descobertas fascinantes que nos levam a maldizer o tempo que tardámos no encontro, para nomear aqueles que nos desunhamos diariamente para acompanhar, enfim, é aproveitar para nomear os blogues de que gostamos - excepto o nosso, afinal o objectivo é a descoberta da vizinhança, certo? E por muitos que queiramos e entendamos ser de toda a justiça nomear, fiquemo-nos por dois ou três em cada categoria, não abusemos, coitada da Comissão Sapiana de Eleições... que é como quem diz, coitados da Magda e do David - que não falam em limites, eu é que tive pena deles.

Para perceberem a dificuldade das nomeações, algumas das listas que ia submeter tinham 20 e 30 nomeados em quase todas as categorias, e no fim foram reduzidas para 2 e 3 - o que só prova o árduo esforço de contenção desenvolvido aqui no burgo! Tão espremido foi o crivo, tão renhida a argumentação, que a Bobo ainda mal fala com a Almoxarife e a Menestrel isola-se e só canta o Fado do Cacilheiro... o ambiente não está mesmo nada bom,  porque ela só sabe a parte do refrão; mas isto passa...

... até porque as nomeações já estão submetidas, e as dores sofridas em Setembro foram poupadas a Novembro - o que é óptimo, porque se agora custou vindimar alguns, em Novembro a coisa poderia acabar em castanhada. Não, não foi nada fácil...

 

Mas fez-se! Portanto, nada de esquecimentos! Navegai... e boas descobertas.

sapo de papo para o ar.jpg

 

imagem 1: Sapo Brothers, de Rafael B. Dourado

imagem 2: Toluna Influencers

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 22:20

desafio de escrita dos pássaros #3

por Sarin, em 27.09.19

[Tema #3: Uma aventura/momento que te tenha marcado]

 leopardo.jpeg

Um momento marcante

Lembro-me de ouvir na azáfama, não sei se na voz da Tia ou da Avó, que seria talvez um leopardo. Um leopardo? Só me recordava de um tigre, e não conseguia imaginar como entrelaçar no momento as barbas e os cabelos do Sandokan. Pensava nisso e esperava, as mãos no ar como se empunhando o sabre. A Mãe explicou-me então que não seria tigre e muito menos o da Malásia, mas sim um gato grande de pelagem pintalgada, ágil e trepador, e pára de dançar sobre a mesa, ainda cais!

Reparei que a lua subia e mercúrio descia, asas leves de algodão esvoaçando como se trazendo novas do tal leopardo que se aproximava. Se sabedes novas do meu amigo, cantava Adriano, a voz cristalina morrendo sob as minhas perguntas, Mãe, falta muito?, pequenas borboletas vermelhas alvoroçadas à minha volta e eu alvoroçada na espera do gato pintalgado.

Quando o Pai chegou, a guerra esquecida atrás dos olhos verdes que me olhavam preocupados, perguntou, Confirma-se? E com borboletas vermelhas voando-lhe das mãos, a Mãe respondeu, Sim, a miúda está com varicela.

 

 

Nota de roda do fim: O AO90 aqui nada marca.

 Imagem em Super Interessante

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 15:00

Yo ho ho e uma garrafa de rum

por Sarin, em 26.09.19

turismo.jpg

 

Beber de estômago vazio faz mal.

E não é que seja grande cozinheira,

Mas é sempre bom saber que posso encontrar boas ideias e boas receitas por aqui.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

etiquetas:

lançado às 18:55

Mafalda Anjos, no editorial de hoje da Visão, fala das maiorias absolutas. Da forma como Costa desvia o tema. Da forma como o BE o entende.

Do PSD relembra apenas "a performance mais ou menos desastrosa", e dos outros nada diz.

Mas termina com uma frase lapidar que me parece o objectivo de todo o editorial. Não o corolário do pensamento que articulou, antes o mote e o soneto - e tudo o mais palavra para encher artigo.

Será apenas impressão minha, ou a directora da Visão termina este artigo com um descarado apelo ao voto numa determinada força política?

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 11:00

Obrigada por estar aqui.


Pág. 1/7




logo.jpg





Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D