Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O famoso Artigo 13

por Sarin, em 07.12.18

2FEF89BE-3BA4-4188-BACB-95B8C3184F73.png

 

Li que o Governo propôs aos sindicatos um aumento no salário base da função pública, de 580€ para 635€.

Antes, tinha lido que o Governo apresentou na Concertação Social uma proposta para o salário mínimo, que passaria de 580€ para 600€.

Fui confirmar: é fake news.

A Constituição da República Portuguesa consagra, no seu artigo 13, o Princípio da Igualdade. O Governo nunca  teceria propostas contra a CRP...

 

 

Esta discrepância no tratamento, endémica, sistémica, aceite como normal por governantes, funcionários públicos, sindicatos e por grande parte da população, dá-me mote para muito escrever. Voltarei ao tema em breve. Hoje, apenas deixo a minha irritação com a falta de mobilização dos funcionários privados neste tecido de PME, esgarçado pelas muitas incompetências legais e deformado pela baixa formação, técnica como cívica, de muitos dos seus actores.

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 18:12

Uma pena não ter foto

por Sarin, em 07.12.18

Vi há pouco na RTP3 uma mini-reportagem sobre a greve dos guardas prisionais.

Tentei encontrar o vídeo na net, para captar a frame; mas, infelizmente, ou não tenho jeito para a coisa ou a coisa ainda não apareceu...

Dirigia-se ao nosso PR. Começava "Pedimos o seu afeto para..."

Afectou-me o acordês. Mas ainda mais o politiquês. Estavam a gozar, certo?

 

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 14:32

Payless was painful

por Sarin, em 04.12.18

A Payless, marca de calçado prático de preço acessível que não conhecia e fiquei a conhecer por este artigo do Sapo Lifestyle,  fez uma curiosa campanha onde demonstrou a facilidade que há em enganar os influenciadores de opinião.

Pegaram no seu próprio calçado, arranjaram-lhe uma sapataria de luxo e mudaram (temporariamente) a etiqueta:

de Payless para Palessi.

Mais que decuplicaram o preço aos artigos da nova etiqueta, fizeram uma festa inaugural da nova sapataria, convidaram os influenciadores e recolheram opiniões muito elogiosas.

E venderam bastante.

 

Mais tarde informaram os convidados sobre o logro.

Espero que tenham logrado dinamizar a marca e, de caminho, expor a vacuidade e a falta de preparação de tais influenciadores.

 

Vale a pena ler também este artigo. E outros, porque pechinchas* destas não surgem todos os dias.

 

* Refiro-me, obviamente, ao desmascarar dos fazedores de opinião, principalmente em matérias tão subjectivas como moda ou arte - cujos critérios assentam normalmente não em conhecimento mas no gosto/interesse e no carisma de quem opina.

[Cuidemos de todos cuidando de nós: Etiqueta respiratória. Higiene. Distância física. Calma. Senso. Civismo.]
[há dias de muita inspiração. outros que não. nada como espreitar também os postais anteriores]

Autoria e outros dados (tags, etc)

lançado às 17:05

Onde ideias-desabafos podem nascer e morrer. Ou apenas ganhar bolor.


Obrigada por estar aqui.


Pág. 3/3




logo.jpg




e uma viagem diferente



Localizar no burgo

  Pesquisar no Blog



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Cave do Tombo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D